Pediatria

Hospital Infantil de Palmas será desativado, confirma Governo; pacientes estão sendo transferidos

Para a Saúde, a mudança será positiva para o atendimento de todas as crianças.

Por Redação 809
Comentários (0)

23/04/2021 09h41 - Atualizado há 1 mês
A transferência da estrutura e pacientes já teve início e dever ser concluída até dia 31 de maio

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou oficialmente a desativação do Hospital Infantil de Palmas (HIP). A unidade passará a funcionar em uma ala especialmente destinada ao atendimento pediátrico no Hospital Geral de Palmas (HGP).

A SES afirmou ainda que a transferência da estrutura e de todos os pacientes que estão atualmente internados no HIP já teve início e deve ser concluída até o dia 31 de maio.

NOVA ALA

Após críticas e informações desencontradas a respeito da mudança, a Saúde divulgou nota para esclarecer dúvidas da população e explicar como será o funcionamento da nova ala pediátrica no Hospital Geral de Palmas (HGP).

Conforme a Saúde, a nova Ala Pediátrica está em fase final de construção, sendo financiada pelo Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (ITPAC), que possuía débitos em aberto com o Governo do Tocantins. O local terá acesso próprio, separado das dependências do HGP.

"A nova estrutura foi planejada para o atendimento ao público infantil, com todos os ambientes adequados para o recebimento das crianças, ofertando assim, um atendimento humanizado. A ala contará com 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), pronto socorro e dobrará a capacidade de leitos clínicos”, diz a nota.

Servidores

Quanto aos servidores lotados no Hospital Infantil, a SES disse que está avaliado a necessidade da nova Ala Pediátrica e que “alguns serão removidos para a ala infantil e outros para o HGP”.

Economia

Com a transferência, a SES informou que economizará R$ 100 mil por mês, valor do contrato de locação onde atualmente funciona o Hospital Infantil. Por fim, a Saúde disse que a mudança será positiva para o atendimento de todas as crianças, que necessitam do Sistema Único de Saúde (SUS).

A ala é separada do HGP, tendo acesso próprio, sem contato direto com a unidade hospitalar, não correndo risco de contaminação por Covid-19

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.