Insônia noturna pode ter causas ligadas a saúde da garganta e do nariz

Por Redação AF
Comentários (0)

15/08/2014 14h53 - Atualizado há 6 dias
<span style="font-size:14px;">Ter dificuldade para se manter acordado no dia a dia pode ser o primeiro sintoma de que algo n&atilde;o est&aacute; certo durante o sono.<br /> <br /> Dificuldade para dormir, ou mesmo para manter o sono s&atilde;o os primeiros sintomas da ins&ocirc;nia, inc&ocirc;modo que atinge pessoas de diversas faixas et&aacute;rias e pode ter in&uacute;meras causas. Entre elas est&atilde;o alguns dist&uacute;rbios que devem ser tratados por um m&eacute;dico especialista em otorrinolaringologia.<br /> <br /> Por n&atilde;o ser uma doen&ccedil;a, mas um sinal que algo vai mal, qualquer indiv&iacute;duo que queria se livrar da ins&ocirc;nia, esse inconveniente noturno, deve investigar seu sono.<br /> <br /> O m&eacute;dico especialista em otorrinolaringologia, Wilian Mattos explica que o primeiro passo pode ser a chamada higieniza&ccedil;&atilde;o do sono.<br /> <br /> <em>&ldquo;Essa higieniza&ccedil;&atilde;o consiste em se livrar de alguns h&aacute;bitos que ajudam na perca do sono, como a ingest&atilde;o de caf&eacute;, estimulantes energ&eacute;ticos, shakes emagrecedores, bebidas alco&oacute;licas e cigarro. Cuidar do ambiente em que se vai dormir tamb&eacute;m &eacute; importante, como mant&ecirc;-lo agrad&aacute;vel, escuro e livre de ru&iacute;dos. Uma boa dica &eacute; trocar o uso do celular ou de computadores por uma boa leitura antes de dormir</em>&rdquo;, aconselha o especialista.<br /> <br /> Quando a ins&ocirc;nia &eacute; causada por doen&ccedil;as obstrutivas como o aumento das am&iacute;gdalas, das aden&oacute;ides, e at&eacute; o desvio do septo nasal, tratamentos caseiros n&atilde;o ser&atilde;o eficazes e o certo &eacute; procurar o tratamento mais adequado.<br /> <br /> <em>&ldquo;Estas doen&ccedil;as ocasionam a dificuldade do fluxo respirat&oacute;rio normal, causando assim o t&atilde;o inc&ocirc;modo ronco, defici&ecirc;ncias respirat&oacute;rias, al&eacute;m da redu&ccedil;&atilde;o da qualidade do sono. No caso de crian&ccedil;as o tratamento &eacute; cir&uacute;rgico, j&aacute; em adultos, pode ser tamb&eacute;m por meio do uso de medicamentos adequados. Em casos menos graves a pr&oacute;pria higieniza&ccedil;&atilde;o do sono pode ser eficaz em diminuir ou mesmo cessar o ronco&rdquo;</em>. Explica Dr. Wilian Mattos.<br /> <br /> O sono possui v&aacute;rias fun&ccedil;&otilde;es, ele &eacute; o respons&aacute;vel pela consolida&ccedil;&atilde;o da mem&oacute;ria e aprendizado, al&eacute;m de trazer o organismo de volta &agrave; condi&ccedil;&atilde;o em que se iniciou o dia ap&oacute;s uma jornada de obriga&ccedil;&otilde;es. Voltar &agrave; aten&ccedil;&atilde;o para a qualidade do sono remete n&atilde;o somente a uma noite bem dormida, mas tamb&eacute;m a uma melhor qualidade de vida.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.