Araguaína

Irmão de deputado detido com R$ 500 mil diz que dinheiro seria para compra de gado

O caso foi repassado para a Polícia Federal com o dinheiro apreendido e aparelhos celulares.

Por Redação 4.715
Comentários (0)

01/10/2018 20h46 - Atualizado há 1 ano
Advogado sacou R$ 500 mil na agência do Itaú, em Araguaína

O advogado Luís Olinto Rotoli Garcia de Oliveira foi detido pela Polícia Civil com meio milhão de reais dentro de uma mala logo após sair de uma agência bancária no centro de Araguaína, na tarde desta segunda-feira (1º de outubro).

Ele é irmão do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), mas afirmou que o dinheiro não seria destinado à campanha eleitoral, mas sim para compra de gado.

A polícia passou a monitorar o caso após receber a informação de que um homem realizaria um saque de grande quantia, e que possivelmente estaria sendo extorquido ou ameaçado, vez que homens armados o acompanhavam.

Imediatamente, uma equipe se deslocou para as imediações do Banco Itaú, no centro, e ficou monitorando a ação.

Quando o advogado saiu da agência com o dinheiro, os policiais o seguiram e fizeram a abordagem. Ele estava acompanhado do policial militar Edilson Ferreira, 3º sargento.

Já o veículo, uma caminhonete S10, está locada à Assembleia Legislativa do Tocantins e o sargento informou que estava prestando serviços à Assessoria Militar do órgão.

Segundo a Polícia Civil, apesar do advogado informar que o dinheiro seria para compra futura de gado, ele disse que não ter contato com nenhum vendedor.

"Constatamos não estar ocorrendo crime de extorsão, entretanto, possivelmente, crime eleitoral, vez que o abordado é irmão de candidato e o veículo ser alugado pela Assembleia Legislativa", diz o relatório da Polícia Civil.

O caso foi repassado à Polícia Federal com o dinheiro apreendido e aparelhos celulares para análise e deliberações da justiça eleitoral.

NOTA DO DEPUTADO

Em nota, o deputado estadual Olyntho Neto disse que seu irmão é empresário, advogado e que todas as atividades que exerce são independentes e têm origem lícita, e não possuem vínculo algum com a campanha eleitoral. "Qualquer fato referente ao irmão do deputado será esclarecido pelo mesmo", acrescenta a nota.

O deputado é candidato à releição e disse que está neste momento cumprindo intensa agenda de campanha no interior do Estado. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.