Araguaína

Jovem acusado de matar gerente das lojas Liliani diz que foi "convidado" para praticar assalto

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

23/07/2016 13h42 - Atualizado há 2 meses
A Polícia Militar apreendeu o suspeito de matar o gerente das lojas Liliane, Adriano Inácio da Silva Monteiro, de 30 anos, em Araguaína (TO). O menor de idade, de 15 anos, foi detido na manhã deste sábado (23/07). O gerente foi assassinado no último dia 18 de julho, na Avenida Cônego João Lima, durante um assalto. Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas morreu. Adriano Inácio era casado e tinha dois filhos. Conforme a Polícia Militar, o jovem, que não teve o nome divulgado, foi apreendido na residência de seu avô, na Vila Santiago. Em poder do jovem os policiais apreenderam uma mochila com substâncias entorpecentes, aparentando ser cocaína e maconha. De acordo com a PM, o jovem disse aos policiais que foi convidado pelo outro comparsa para realizar o assalto, mas não tinha intenção de matar o gerente. Ainda conforme a Polícia Militar, a ação que resultou na detenção do menor de idade ocorreu depois de uma denúncia anônima informando sobre uma residência no Setor Costa Esmeralda, onde funcionaria um ponto de venda de drogas, conhecido como “boca de fumo”. De posse das informações a PM se dirigiu ao local para averiguar a denúncia. A PM informou ainda que no local indicado pela denúncia, os militares encontraram apenas sementes de maconha, mas receberam informações sobre o possível traficante que seria suspeito de matar o gerente da loja. Após o adolescente ser detido na casa de seu avô, foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.