Jovem de 19 anos assassinada na chacina em Goiânia será sepultada em Araguaína nesta segunda, local onde nasceu

Por Redação AF
Comentários (0)

09/03/2014 22h10 - Atualizado há 1 mês
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br /> <br /> O corpo de uma das quatro jovens assassinadas na chacina no Morro do Mendanha, em Goi&acirc;nia (GO), ser&aacute; sepultado em Aragua&iacute;na (TO) na manh&atilde; desta segunda-feira (10). Ana Kelly Martins Cardoso, de 19 anos, est&aacute; sendo velada na casa da fam&iacute;lia no Bairro Santa Terezinha. O sepultamento ser&aacute; no Cemit&eacute;rio Jardim das Paineiras.&nbsp;</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">De acordo com informa&ccedil;&otilde;es, Ana Kelly &eacute; natural de Aragua&iacute;na, mas vivia h&aacute; quatro anos em Goi&acirc;nia, tinha um filho de 1 ano e morava com a m&atilde;e, C&iacute;cera Martins. A um canal de TV local,&nbsp;</span><span style="font-size: 14px;">a m&atilde;e de Ana disse que n&atilde;o sabia se a filha tinha envolvimento com prostitui&ccedil;&atilde;o, mas afirmou que Ana usou droga por muito tempo.</span></div> <div style="text-align: justify;"> <br /> <span style="font-size:14px;">As quatro jovens foram encontradas mortas na manh&atilde; de s&aacute;bado (8), dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Elas estavam ca&iacute;das em via p&uacute;blica, no Morro do Mendanha, no Jardim Petr&oacute;polis, em Goi&acirc;nia, uma ao lado da outra. A PM informou que todas foram atingidas na cabe&ccedil;a, supostamente por tiros.<br /> <br /> As v&iacute;timas estavam vestidas e maquiadas, como se fossem a uma festa. Ainda n&atilde;o se sabe se elas foram ao local espontaneamente ou se foram obrigadas. No entanto, para o delegado Murilo Polati, que investiga o caso, n&atilde;o h&aacute; d&uacute;vidas de que se trata de uma execu&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Os primeiros ind&iacute;cios apontam que elas foram levadas ao local para serem mortas, talvez ludibriadas. A suspeita &eacute; de que pelo menos quatro pessoas participaram do crime que, infelizmente, ocorreu no Dia Internacional da Mulher&rdquo;</em>, disse.<br /> <br /> <img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/ana.jpg" style="width: 300px; height: 333px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Os peritos criminais analisaram a cena do crime e encontraram dois proj&eacute;teis e algumas garrafas de bebidas. As outras v&iacute;timas foram identificadas como Mylleide Morgana, Sinara Monteiro e Rayane Kellry.<br /> <br /> Segundo a pol&iacute;cia, as mortes ocorreram durante a madrugada deste s&aacute;bado, mas os corpos s&oacute; foram localizados pela manh&atilde;, ap&oacute;s uma testemunha acionar a Pol&iacute;cia Militar. Uma pessoa que mora nas proximidades, que n&atilde;o quis se identificar, disse que ouviu os disparos. <em>&ldquo;Eram mais ou menos 3 horas da madrugada e ouvi cinco ou seis tiros&rdquo;</em>, relatou.<br /> <br /> Ainda segundo o delegado, den&uacute;ncias apontam que, com excess&atilde;o de Ana Kelly, as outras tr&ecirc;s garotas podem ter v&iacute;nculos com tr&aacute;fico de drogas ou com a prostitui&ccedil;&atilde;o e que a jovem araguainense pode ter sido assassinada porque morava junto com elas. <em>&ldquo;Elas moravam todas juntas na regi&atilde;o do Bairro S&atilde;o Francisco, que &eacute; conhecido por essas atividades&rdquo;</em>, destacou.<br /> <br /> <br /> <br /> <img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Chacina-em-Goi%E2nia1.jpg" style="width: 600px; height: 338px;" /><br /> (Demais v&iacute;timas da chacina)</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.