Controle rigoroso

Maranhão fecha divisas e proíbe entrada de ônibus com passageiros; polícia monta barreiras

O Estado confirmou o 1º caso da nova doença nesta sexta-feira (20).

Por Redação 18.454
Comentários (0)

21/03/2020 11h13 - Atualizado há 1 semana
Barreiras policiais foram montadas nas divisas do Estado do Maranhão

O estado do Maranhão fechou todas as suas divisas para o transporte interestadual de passageiros via ônibus. As Polícias Civil e Militar estão realizando bloqueios nas rodovias, inclusive na divisa com o Tocantins, a partir deste sábado (21), por determinação do governador Flávio Dino (PCdoB).

A medida drástica visa reduzir a circulação de pessoas no Estado e evitar a circulação do novo coronavírus. O Estado confirmou o 1º caso da nova doença nesta sexta-feira (20) e tem mais de 200 casos suspeitos.

“Em face da emergência sanitária, editei decreto, baseado no artigo 23 da Constituição Federal, sobre transporte rodoviário de passageiros oriundos de outros estados. Decreto começou a ser cumprido na manhã deste sábado. É uma barreira para a diminuição de circulação de pessoas”, disse Dino.

O Governo do Maranhão também tentou interromper os voos comerciais de passageiros para o estado, mas a Justiça Federal negou o pedido por entender que a competência é do governo federal.

Por outro lado, a Justiça permitiu que o Governo do Maranhão faça exames e controle de passageiros que chegam nos aeroportos. "Já temos equipes preparadas e termômetros comprados", afirmou.

Além do novo coronavírus, o Maranhão está sofrendo com casos de H1N1 e enchentes. "Estamos vivendo uma situação difícil", disse o governador.

Divisa entre Tocantins e Maranhão na cidade de Estreito

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.