Marcelo foi quem mais concedeu benefícios, mas impactos ficavam para sucessores, diz Eduardo Siqueira

Por Redação AF
Comentários (0)

31/03/2015 21h06 - Atualizado há 1 mês
<span style="font-size:14px;">O deputado Eduardo Siqueira Campos (PTB) participou na tarde desta ter&ccedil;a-feira, 31, de audi&ecirc;ncia p&uacute;blica realizada pela Assembleia Legislativa para discutir a situa&ccedil;&atilde;o financeira e or&ccedil;ament&aacute;ria do Estado.<br /> <br /> Em sua fala, o deputado Eduardo Siqueira Campos apresentou n&uacute;meros oficiais sobre a evolu&ccedil;&atilde;o dos custos com folha de pagamento. Eduardo apontou que as dificuldades financeiras tiveram in&iacute;cio a partir das concess&otilde;es de benef&iacute;cios a diversas categorias de servidores a partir de 2004, inclusive com leis que transformaram cargos de n&iacute;vel m&eacute;dio para n&iacute;vel superior, al&eacute;m da implementa&ccedil;&atilde;o de Plano de Carreiras, contendo progress&otilde;es que impactaram nas contas do Estado, e tiveram um aumento expressivo entre os anos de 2007 a 2010.<br /> <br /> Eduardo Siqueira apontou que, ao assumir o Governo pela quarta vez em janeiro de 2011, seu pai, o ex-governador Siqueira Campos encontrou uma folha de pagamento R$ 458 milh&otilde;es maior do que em 31/12/2010, data do &uacute;ltimo dia do governo Carlos Gaguim. Eduardo ressaltou tamb&eacute;m o aumento em mais de R$ 400 milh&otilde;es no repasse para outros Poderes e Institui&ccedil;&otilde;es. <em>&ldquo;Encontramos o Governo com mais R$ 458 milh&otilde;es a mais de folha e com outros R$ 400 milh&otilde;es a menos de caixa em virtude do aumento dos repasses</em>&rdquo;, afirmou.<br /> <br /> Eduardo Siqueira recha&ccedil;ou afirma&ccedil;&atilde;o do l&iacute;der do Governo de que o Estado deixou de realizar projetos estruturantes. <em>&ldquo;Mesmo assumindo o Estado com mais de R$ 70 milh&otilde;es de d&iacute;vidas com o PASEP, nos reunimos com o Banco Mundial, retomamos o PDRIS, que j&aacute; era dado como perdido, onde pudemos executar a recupera&ccedil;&atilde;o de estradas e rodovias e tamb&eacute;m conclu&iacute;mos duas grandes pontes (Lajeado e Barra do Ouro), todos projetos estruturantes e importantes para o Estado&rdquo;,</em> citou.<br /> <br /> Eduardo Siqueira reconheceu que o governador Marcelo Miranda &eacute; o que mais concedeu benef&iacute;cios para os servidores, no entanto, ressaltou que os impactos financeiros sempre ficaram para seus sucessores administrarem. <em>&ldquo;&Eacute; preciso reconhecer que o governador Marcelo Miranda &eacute; o que mais concedeu benef&iacute;cios aos servidores, mas o tempo dir&aacute; se foi o que mais cumpriu, pois retornou ao Governo e tem agora esta oportunidade&rdquo;</em>, afirmou.&nbsp;<br /> <br /> O Parlamentar finalizou afirmando que este &eacute; o momento para que estas quest&otilde;es sejam dirimidas e o Estado siga o seu rumo de desenvolvimento.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.