Ministério Público do Tocantins vai usar dados de clientes da Celtins para investigar crimes

Por Redação AF
Comentários (0)

19/11/2013 15h16 - Atualizado há 1 mês
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;">A Procuradora-Geral de Justi&ccedil;a, Vera Nilva &Aacute;lvares Rocha Lira, e o interventor da Companhia de Energia El&eacute;trica do Tocantins (Celtins), Issac Pinto Averbuch, assinaram acordo de coopera&ccedil;&atilde;o t&eacute;cnica, nesta ter&ccedil;a-feira, por meio do qual o Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE) passa a ter acesso aos dados cadastrais dos consumidores de energia, para fins investigativos.<br /> <br /> Com o acordo, as investiga&ccedil;&otilde;es promovidas pelo MPE ganhar&atilde;o mais agilidade, haja vista que a Celtins possui o banco de dados mais abrangente e atualizado quanto aos endere&ccedil;os das pessoas residentes no Estado, o que facilitar&aacute; a localiza&ccedil;&atilde;o de investigados e de testemunhas, segundo explicou a coordenadora do Grupo de Atua&ccedil;&atilde;o Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), K&aacute;tia Chaves Gallieta.<br /> <br /> O acesso aos dados se dar&aacute; em tempo real, via sistema Webservice, ficando o Minist&eacute;rio P&uacute;blico obrigado a manter sigilo sobre as informa&ccedil;&otilde;es disponibilizadas e a restringir o acesso a finalidades investigativas.<br /> <br /> Na solenidade, o interventor da Celtins explicou que o banco de dados da empresa &eacute; bastante cobi&ccedil;ado por agentes pol&iacute;ticos e por outras empresas, por&eacute;m mantido sob prote&ccedil;&atilde;o. A exce&ccedil;&atilde;o foi feita ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico devido &agrave; credibilidade da institui&ccedil;&atilde;o e &agrave; relev&acirc;ncia do trabalho que presta &agrave; sociedade, disse Issac Pinto Averbuch.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.