Ministério Saúde deixa Araguaína em situação de alerta sobre risco de infestação de dengue; percentual é de 1,7%

Por Redação AF
Comentários (0)

20/11/2013 09h13 - Atualizado há 3 semanas
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br /> <br /> O &iacute;ndice de Infesta&ccedil;&atilde;o Predial em Aragua&iacute;na (TO) est&aacute; em 1,7% segundo Levantamento R&aacute;pido do &Iacute;ndice para Aedes Aegypti divulgado nesta ter&ccedil;a-feira (19) pelo Ministro da Sa&uacute;de, Alexandre Padilha. O percentual coloca o munic&iacute;pio em estado de alerta, ficando atr&aacute;s somente de Araguatins com 4,7%, j&aacute; considerado em situa&ccedil;&atilde;o de surto, e de Para&iacute;so do Tocantins, com 3,2%.<br /> <br /> O Minist&eacute;rio considera situa&ccedil;&atilde;o de risco quando os im&oacute;veis pesquisados apresentam &iacute;ndice superior a 3,9%, situa&ccedil;&atilde;o de alerta &eacute; entre 1% a 3,9% e satisfat&oacute;rio quando fica abaixo de 1%.<br /> <br /> O mapa do MS mostra que 157 munic&iacute;pios do pa&iacute;s est&atilde;o em situa&ccedil;&atilde;o de risco e outras 525 em estado de alerta.<br /> <br /> Neste ano, foram notificados 1,4 milh&atilde;o de casos prov&aacute;veis de dengue no pa&iacute;s em decorr&ecirc;ncia de uma circula&ccedil;&atilde;o do subtipo 4 do v&iacute;rus, que respondeu por 60% dos casos. Quase tr&ecirc;s vezes maior do que o registrado em 2012, quando foram confirmadas 545.163 infec&ccedil;&otilde;es.&nbsp; O levantamento foi feito nos meses de outubro e no in&iacute;cio de novembro servindo para identificar onde est&atilde;o concentrados os focos de reprodu&ccedil;&atilde;o do mosquito transmissor em 1.315 cidades.<br /> <br /> Tr&ecirc;s capitais est&atilde;o em situa&ccedil;&atilde;o de risco: Cuiab&aacute;, Rio Branco e Porto Velho. Outras 11 apresentaram situa&ccedil;&atilde;o de alerta: Boa Vista, Manaus, Palmas, Salvador, Fortaleza, S&atilde;o Lu&iacute;s, Aracaju, Cuiab&aacute;, Rio de Janeiro e Vit&oacute;ria.<br /> <br /> <u><strong>Refor&ccedil;o na assist&ecirc;ncia</strong></u><br /> <br /> Durante a divulga&ccedil;&atilde;o dos dados, o ministro assinou a portaria que dobra o investimento previsto de combate &agrave; doen&ccedil;a para 2014, que passa a ser de R$ 1,2 bilh&atilde;o.<br /> <br /> De acordo com o Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, o refor&ccedil;o na assist&ecirc;ncia b&aacute;sica ao paciente contaminado pelo inseto vem sendo ampliado ano a ano e resultou na redu&ccedil;&atilde;o dos casos graves da doen&ccedil;a em 61% quando comparado aos dados de 2010. Tamb&eacute;m diminu&iacute;ram em 10% os casos de mortes pela dengue, mesmo com o crescimento dos n&uacute;meros de notifica&ccedil;&otilde;es da doen&ccedil;a.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.