Ministra Kátia Abreu se reúne com prefeitos de Araguaína e região para debater "O Campo na Classe Média"

Por Redação AF
Comentários (0)

28/08/2015 11h26 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;">A ministra da Agricultura, Pecu&aacute;ria e Abastecimento, K&aacute;tia Abreu, se re&uacute;ne na pr&oacute;xima segunda-feira, 31, &agrave;s 9h, no audit&oacute;rio do Sistema FAET/SENAR, em Palmas, com prefeitos das microrregi&otilde;es do Bico do Papagaio e de Aragua&iacute;na, para apresentar o programa O Campo na Classe M&eacute;dia, que tem o objetivo central de promover 400 mil produtores rurais que est&atilde;o com renda proveniente da agricultura insuficiente (Classes D e E) para a Classe M&eacute;dia Rural no Brasil.<br /> <br /> No Tocantins ser&atilde;o beneficiados, inicialmente, cerca de 9.937 produtores rurais, que trabalham em diversas atividades do setor agropecu&aacute;rio, em 79 munic&iacute;pios.<br /> <br /> De acordo com a ministra K&aacute;tia Abreu, o programa pretende corrigir as imperfei&ccedil;&otilde;es de mercado; estruturar o acesso a tecnologias que potencializem a produ&ccedil;&atilde;o e resgatar, por meio da pr&oacute;pria agricultura, os produtores rurais para uma renda mais elevada.<br /> <br /> Ap&oacute;s a classifica&ccedil;&atilde;o e ades&atilde;o dos produtores ao programa, ser&atilde;o elaboradas a&ccedil;&otilde;es de apoio, capacita&ccedil;&atilde;o e incentivo a cria&ccedil;&atilde;o de associa&ccedil;&otilde;es locais de produtores ou integr&aacute;-los em cooperativas j&aacute; existentes, e as associa&ccedil;&otilde;es poder&atilde;o ter como membros as secretarias Municipais de Agricultura e o MAPA, por meio de suas Superintend&ecirc;ncias Estaduais.<br /> <br /> O Programa O Campo na Classe M&eacute;dia foi criado pela ministra K&aacute;tia Abreu, ao destacar que<em> &ldquo;para avan&ccedil;armos ainda mais, podemos ir ao encontro de uma grande parcela de produtores que, com o apoio dos governos, consigam, em pouco tempo, aumentar a produ&ccedil;&atilde;o, gerar mais emprego e renda e estabelecer novos patamares para o desenvolvimento da economia brasileira. O grande objetivo &eacute; que esses produtores sejam inseridos na prosperidade do agro brasileiro&rdquo;</em>, assegurou a ministra.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.