Tocantins

MPE ajuíza ação para obrigar Prefeitura de Filadélfia a homologar concurso público

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

11/01/2017 15h22 - Atualizado há 1 semana
O Ministério Público Estadual ingressou com uma ação judicial para obrigar o Município de Filadélfia a homologar o concurso público realizado em 2016. Os aprovados já estão há mais de seis meses à espera e temem que a demora seja uma "manobra" para manter contratos temporários e favorecer apadrinhados políticos. O MPE já havia instaurado procedimento em setembro para apurar as razões da não homologação do certame. O resultado final foi divulgado no dia 24 junho de 2016. Conforme o edital de abertura, a homologação é de responsabilidade da prefeitura de Filadélfia. A banca organizadora foi o Instituto Vicente Nelson (IVIN). Outra preocupação dos aprovados é com a transição de prefeitos. O concurso foi realizado sob a gestão de Edenilson da Silva e Sousa, mas a homologação depende do novo prefeito, Mizô Alencar (PMDB). Segundo o promotor Paulo Alexandre Rodrigues de Siqueira, desde a publicação do resultado final não foi repassado aos aprovados nenhuma informação sobre a homologação e várias são as reclamações que já chegaram à Promotoria de Justiça. Em agosto do ano passado, o prefeito Edenilson afirmou, em resposta a ofício do MPE, que o concurso ainda não havia sido homologado em razão do período eleitoral. Contudo, após o fim das eleições, a Promotoria requisitou novas informações, mas o prefeito não deu nenhum posicionamento. Na ação, o MPE pede a concessão de liminar determinando que o Município de Filadélfia proceda, em prazo máximo de 90 dias, à publicação do ato de homologação do concurso público, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00. A ação aguarda despacho do juiz Fabiano Ribeiro. O concurso de Filadélfia ofertou 150 vagas distribuídas entre cargos de nível fundamental, médio e superior. A oferta salarial era de até R$ 3.000,00. Todas as etapas do concurso estão disponíveis aqui.

Comentários (0)

Mais Notícias

Inelegível

TSE nega recurso e mantém cassação do diploma de vice-prefeito de Nova Olinda

A decisão foi publicada nesta terça-feira (18) e o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) será notificado para cumprir.  

Eleições 2018

Candidatura de Paulo Mourão ao Senado recebe adesão unânime de sindicatos

O fato inédito ocorreu durante reunião dos sindicatos na noite desta segunda-feira, dia 17.

Reta final

Marcus Marcelo defende uso de energia solar nas escolas públicas do Tocantins

O objetivo é economizar na conta de luz para investir mais em ações pedagógicas.

Mais 5 dias

Justiça prorroga prisão de vereador de Araguaína investigado por fraudar CNHs

O pedido formulado pelo Gaeco visa assegurar o término das investigações em procedimento investigatório criminal.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.