Nicolau critica possibilidade de renúncia do governador; 'Estado precisa de projeto de gestão e não de poder', afirma

Por Redação AF
Comentários (0)

27/11/2013 16h05 - Atualizado há 1 mês
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;">Nos &uacute;ltimos dias, os notici&aacute;rios sobre a poss&iacute;vel ren&uacute;ncia do governador Siqueira Campos (PSDB) e seu vice, Jo&atilde;o Oliveira (DEM) dominou o notici&aacute;rio do Estado.&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">Se os dois renunciarem, o governo do Tocantins ser&aacute; comandado interinamente pelo presidente da Assembleia, Sandoval Cardoso (SDD), e novas elei&ccedil;&otilde;es indiretas seriam convocadas.</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">A novidade seria a poss&iacute;vel candidatura de Siqueira ao senado. Conforme o projeto que est&aacute; sendo arquitetado, Jo&atilde;o Olveira poderia ser o primeiro suplente na chapa.</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">Para o empres&aacute;rio Nicolau Esteves, caso a ren&uacute;ncia se confirme, causar&aacute; um grande preju&iacute;zo para o desenvolvimento do Tocantins e de seu povo. <em>&ldquo;Se houver a ren&uacute;ncia, ser&aacute; um grande retrocesso para o Tocantins, pois em apenas 4 anos, o Estado ter&aacute; sido administrado por quatro governadores diferentes</em>&rdquo;, afirma Nicolau Esteves, mencionando a cassa&ccedil;&atilde;o do ex-governador Marcelo Miranda, em setembro em 2009, a posse de Carlos Gaguim no mesmo per&iacute;odo, a chegada de Siqueira Campos ao governo em 2011 e a possibilidade de outro nome assumir o governo com sua sa&iacute;da e do vice Oliveira.<br /> <br /> Para Nicolau Esteves, a troca de poder num prazo t&atilde;o pequeno impede que haja qualquer projeto de desenvolvimento para o Estado. &ldquo;<em>O que se v&ecirc; &eacute; que n&atilde;o existe um projeto administrativo e sim um projeto de poder. Isso impede que o Governo tenha planejamento em suas a&ccedil;&otilde;es. N&atilde;o h&aacute; como estruturar uma gest&atilde;o eficiente, que apresente resultado concreto, com a mudan&ccedil;a de governo de ano em ano&rdquo;</em>, critica Nicolau Esteves.<br /> <br /> <u><strong>Inseguran&ccedil;a aos empres&aacute;rios</strong></u><br /> <br /> <img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/siqueiraESC300.jpg" style="width: 300px; height: 237px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />A ren&uacute;ncia de Siqueira Campos ao governo, segundo Nicolau Esteves, causaria ainda uma inseguran&ccedil;a nos empreendedores que querem investir no Tocantins.<br /> <br /> <em>&ldquo;Eu pergunto: Quem &eacute; que vai querer investir no Estado tendo essa inseguran&ccedil;a administrativa, n&atilde;o sabendo se o governador vai ficar no cargo ou vai renunciar? &Eacute; natural que o empres&aacute;rio queira investir num Estado que lhe d&ecirc; maior seguran&ccedil;a administrativa. Essa briga do poder pelo poder tem que acabar&rdquo;</em>, declarou Nicolau Esteves.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.