Revela jornal

No Tocantins, pacote bilionário de concessões inclui Jalapão, ATS, hospital, rodovias e prisão

Meta inicial é atrair R$ 9 bilhões de investimentos para o Tocantins.

Por Redação 1.196
Comentários (0)

22/05/2020 11h26 - Atualizado há 4 dias
Visitantes nas dunas do Jalapão

O jornal Valor Econômico, referência na área de economia, finanças e negócios no Brasil, publicou uma reportagem detalhando o Programa de Parcerias e Investimentos elaborado pelo Governno do Tocantins (Tocantins-PPI).

Na reportagem, a jornalista Taís Hirata entrevista o secretário de Parcerias e Investimentos (SPI), Claudinei Aparecido Quaresemin, sobre detalhes do programa e destaca que o Tocantins, mesmo em meio à pandemia da covid-19, planeja lançar um programa de desestatização ambicioso, com meta inicial de atrair R$ 9 bilhões de investimentos em rodovias, saneamento básico, energia solar, entre outros.

Segundo informou a reportagem, a concessão mais avançada é a de nove rodovias estaduais que, juntas, podem atrair R$ 5 bilhões em obras. A Assembleia Legislativa do Tocantins (AL/TO) já deu aval para a licitação e os estudos deverão ser contratados em breve.

Além dos produtos locais, como a carne bovina, soja e milho, também queremos transportar a produção dos estados vizinhos. Temos a Ferrovia Norte-Sul que atravessa o nosso Estado, então queremos ser uma rota até o porto do Maranhão. A ideia é transformar o Tocantins em um centro logístico”, afirmou o secretário Claudinei Quaresemin.

Outro projeto que a reportagem destaca que será incluído na carteira de PPI é a concessão da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), que atende municípios no Estado.

“O secretário afirma que chegou a conversar com o BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] sobre a possibilidade de delegar a estruturação do projeto, já que o banco de fomento tem um programa voltado à desestatização de companhias estaduais de saneamento básico que tem sido elogiado pelo mercado”, informou o Valor.

Outras concessões

A matéria do Valor Econômico também informa que o Parque Estadual do Jalapão (PEJ), terminais rodoviários, hospital infantil e de uma unidade prisional também estão na lista de concessões do Governo do Tocantins.

O Estado planeja ainda criar mecanismos de atração de usinas solares fotovoltaicas. Como projetos de geração de energia são leiloados apenas no âmbito federal, a ideia é oferecer ao potencial investidor um contrato para fornecer energia aos edifícios públicos, que hoje gastam R$ 100 milhões por ano em eletricidade”, informou o Valor.

À reportagem, Claudinei Quaresemin afirmou ainda que o Estado pretende criar normas para fortalecer o órgão regulador por meio de uma nova legislação. “Será contratada uma consultoria e, em breve, teremos um projeto de lei para garantir que a agência será independente e forte”, concluiu.

Mapa das rodovias que devem ser privatizadas
Secretário Claudinei Aparecido Quaresemin

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.