Novas nomeações no Governo já superam número de demissões; objetivo era reduzir gastos

Por Redação AF
Comentários (0)

17/11/2014 09h41 - Atualizado há 3 semanas
<u><span style="font-size:14px;">Da Reda&ccedil;&atilde;o</span></u><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">O objetivo era reduzir gastos no final do Governo para fechar as contas dentro do limite. Mas, as novas nomea&ccedil;&otilde;es j&aacute; ultrapassaram as exonera&ccedil;&otilde;es feitas no dia 29 de outubro. Naquela data, o Governo disse que as 6.550 exonera&ccedil;&otilde;es tinham por objetivo permitir que os secret&aacute;rios definissem o &ldquo;n&uacute;mero suficiente&rdquo; de servidores comissionados que deveriam exercer suas fun&ccedil;&otilde;es&rdquo; no fim do mandato. Acrescentou ainda que s&oacute; seriam recontratados os servidores necess&aacute;rios a &ldquo;impedir preju&iacute;zos&rdquo; e garantir a &ldquo;continuidade dos servi&ccedil;os p&uacute;blicos&rdquo;.<br /> <br /> Menos de um m&ecirc;s depois, as recontrata&ccedil;&otilde;es j&aacute; chegaram ao n&uacute;mero de 6.776. Somente no Di&aacute;rio Oficial do Estado de sexta-feira, 14 de novembro, foram publicadas 418 nomea&ccedil;&otilde;es, todos para exercer fun&ccedil;&otilde;es em cargos comissionados. O Di&aacute;rio ainda trouxe a lista de 258 servidores que foram designados para fun&ccedil;&otilde;es de confian&ccedil;a.<br /> <br /> Entre os dias 4 e 5 de novembro, o Governo reconduziu mais de quatro mil servidores em diversas pastas.<br /> <br /> A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelece que o limite legal de uso da receita com pagamento de pessoal &eacute; de 49%. No entanto, o Governo do Estado fechou as contas de 2013 com &iacute;ndice de 51,69%, mais de 2,5 pontos percentuais acima do limite permitido.<br /> <br /> <u><strong>A mesma manobra em junho de 2014</strong></u><br /> <br /> Em junho deste ano, ap&oacute;s ser eleito governador indiretamente, Sandoval Cardoso fez a mesma manobra de demiss&otilde;es e recontrata&ccedil;&otilde;es. At&eacute; a justificativa foi a mesma: &ldquo;enxugamento da folha e readequa&ccedil;&atilde;o da m&aacute;quina p&uacute;blica&rdquo;.<br /> <br /> Na &eacute;poca foram exonerados 5.322 servidores. Mas na pr&aacute;tica, Sandoval n&atilde;o s&oacute; recontratou o mesmo n&uacute;mero de servidores que haviam sido demitidos, como tamb&eacute;m nomeou mais 1.372 pessoas al&eacute;m do n&uacute;mero de exonerados. Entre os nomeados estavam diversos ex-prefeitos.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.