Venda aprovada

Novo Parque de Exposições de Araguaína será construído às margens da TO-222; confira o projeto

Novo parque terá 500 mil metros quadrados e ficará em frente a uma faculdade.

Por Redação 4.368
Comentários (0)

27/02/2024 12h00 - Atualizado há 4 meses
Venda da área do Parque de Exposição foi decidida pelos associados

Notícias do Tocantins - O Sindicado Rural de Araguaína (SRA) aprovou a venda da área do Parque de Exposições Agropecuárias Dair José Lourenço, localizado na Avenida Filadélfia, praticamente no centro da cidade.

A decisão foi tomada durante Assembleia Geral realizada no tatersal na noite desta segunda-feira (26/2), com a presença de diretores e membros associados. O dinheiro da venda será investido na construção do novo parque, mais amplo e moderno. O placar da votação foi de 87 a 2.  

“A aprovação da venda é de suma importância porque não temos mais espaços para executar grandes feiras no nosso atual parque que tem apenas 49 mil metros quadrados. Precisamos de uma área maior. Na nossa região, o agronegócio e a agropecuária estão cada vez mais em desenvolvimento e nosso parque de exposições precisa acompanhar esse progresso", pontuou o presidente do sindicato, Wagner Borges.  

A venda da área já está em fase de negociações e fechamento de contratos. Inicialmente, o novo Parque de Exposição Agropecuária, Agroindustrial e Comercial de Araguaína vai contar com 500 mil metros quadrados e está previsto para ser implantado às margens da TO-222, em frente à Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT). De acordo com o projeto, serão construídos espaços para a arena de rodeio com capacidade para 10 mil pessoas, espaço para prova de laço, equoterapia e equitação, tatersal, sede do sindicato, além de um amplo estacionamento para milhares de veículos.  

Projeto do parque

“Há vários anos, nós tropeiros, já pleiteávamos essa mudança. Estamos espremidos no parque sem espaço para realizar grandes eventos. O projeto é muito bonito e vamos ter um espaço de lazer com mais conforto, além de desafogar o centro da cidade” disse o produtor rural Sebastião Geraldo de Melo.  

A votação foi por meio de voto impresso e individual

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.