Número de indenizações do DPVAT cresceu 14%

Por Redação AF
Comentários (0)

26/08/2014 08h08 - Atualizado há 6 dias
<span style="font-size:14px;">O Seguro de Danos Pessoais Causados por Ve&iacute;culos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) pagou, no primeiro semestre deste ano, 340.539 indeniza&ccedil;&otilde;es, o que significa crescimento de 14% comparado a igual per&iacute;odo do ano passado. Do total, foram 259.845 indeniza&ccedil;&otilde;es por invalidez permanente, uma eleva&ccedil;&atilde;o de 21%, de acordo com a Seguradora L&iacute;der-Dpvat, administradora do seguro no pa&iacute;s, que divulgou os dados nesta segunda-feira (25).<br /> <br /> O maior n&uacute;mero de indeniza&ccedil;&otilde;es (113.996) foi na Regi&atilde;o Nordeste, com registros de garantias por morte, invalidez permanente e reembolsos de despesas m&eacute;dicas e hospitalares. A informa&ccedil;&atilde;o &eacute; ainda mais relevante, porque a regi&atilde;o tem a terceira maior frota do pa&iacute;s. O Sudeste, que tem o maior n&uacute;mero de ve&iacute;culos do Brasil, ficou em segundo lugar, com 89.466 indeniza&ccedil;&otilde;es pagas no primeiro semestre.<br /> <br /> O n&uacute;mero de mortes caiu 13% em rela&ccedil;&atilde;o aos seis primeiros meses de 2013. A Regi&atilde;o Sudeste registrou 37% do total, seguida da Regi&atilde;o Nordeste, com 29% das indeniza&ccedil;&otilde;es por morte.<br /> <br /> Os acidentes envolvendo motocicletas representaram 75% (256.387) de todas as indeniza&ccedil;&otilde;es pagas, apesar de corresponderem a apenas 27% da frota nacional de ve&iacute;culos. Os autom&oacute;veis, que representam aproximadamente 60% da frota, foram respons&aacute;veis por 23% dos benef&iacute;cios pagos (67.906).<br /> <br /> Na avalia&ccedil;&atilde;o do diretor-presidente da Seguradora L&iacute;der-Dpvat, Ricardo Xavier, o crescimento do n&uacute;mero de indeniza&ccedil;&otilde;es indica que o brasileiro est&aacute; conhecendo melhor seus direitos e fazendo os pedidos de seguro Dpvat. Mas, apesar da redu&ccedil;&atilde;o das mortes, o tr&acirc;nsito brasileiro ainda requer muita aten&ccedil;&atilde;o dos &oacute;rg&atilde;os p&uacute;blicos e privados. <em>&ldquo;Um ponto que deve servir de observa&ccedil;&atilde;o e pol&iacute;tica p&uacute;blica &eacute; o real aumento de acidentes de tr&acirc;nsito no pa&iacute;s, principalmente os que envolvem motocicletas&rdquo;</em>, disse.<br /> <br /> Ricardo Xavier destacou que o processo de recebimento do seguro, pelas v&iacute;timas de tr&acirc;nsito, &eacute; simples, gratuito e n&atilde;o precisa de intermedi&aacute;rio para dar entrada no pedido de indeniza&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Para ter acesso ao benef&iacute;cio, basta apresentar os documentos no ponto de atendimento escolhido, no prazo de tr&ecirc;s anos, a contar da data da ocorr&ecirc;ncia do acidente. Em caso de d&uacute;vidas, dispomos de um site com a rela&ccedil;&atilde;o dos locais de atendimento e os documentos necess&aacute;rios para solicitar cada tipo de indeniza&ccedil;&atilde;o&rdquo;</em>, informou.<br /> <br /> De acordo com a seguradora, o pagamento da indeniza&ccedil;&atilde;o &eacute; feito em conta-corrente ou poupan&ccedil;a, da v&iacute;tima ou de seus benefici&aacute;rios, em at&eacute; 30 dias ap&oacute;s a apresenta&ccedil;&atilde;o da documenta&ccedil;&atilde;o necess&aacute;ria. O valor da indeniza&ccedil;&atilde;o &eacute; R$ 13,5 mil no caso de morte, de at&eacute; R$ 13,5 mil para invalidez permanente - variando conforme o caso - e at&eacute; R$ 2,7 mil para reembolso de despesas m&eacute;dicas e hospitalares comprovadas.<br /> <br /> Os recursos do seguro Dpvat s&atilde;o recolhidos do pagamento anual dos propriet&aacute;rios de ve&iacute;culos. Do total arrecadado, 45% s&atilde;o repassados ao Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de para custeio do atendimento m&eacute;dico-hospitalar &agrave;s v&iacute;timas de acidentes de tr&acirc;nsito em todo pa&iacute;s 5% v&atilde;o para o Departamento Nacional de Tr&acirc;nsito aplicar nos programas destinados &agrave; educa&ccedil;&atilde;o e preven&ccedil;&atilde;o de acidentes de tr&acirc;nsito e 50% s&atilde;o para o pagamento das indeniza&ccedil;&otilde;es. (Ag&ecirc;ncia Brasil)</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.