Critérios diferentes

Palmas tem 45 casos suspeitos de coronavírus, mais do que em todo Tocantins, diz boletim

Tocantins teve 1 caso confirmado da doença até agora.

Por Redação 10.317
Comentários (0)

20/03/2020 09h15 - Atualizado há 10 meses
Avenida JK em Palmas

O Tocantins possui 38 casos suspeitos do novo coronavírus, conforme boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na noite desta quinta-feira (19).

No entanto, esse número pode ser ainda maior. Isso porque a Secretaria Municipal da Saúde de Palmas afirmou que 45 casos são investigados só na capital, superando até mesmo os dados de todo o Tocantins.

Palmas teve um caso confirmado da doença e 12 descartados até o momento. Araguaína, a segunda maior cidade do Estado, conta com 3 casos em investigação.

Sobre a divergência de dados, Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus) informou que repassa diariamente todas as notificações de casos suspeitos, descartados ou confirmados ao Ministério da Saúde, que por sua vez disponibiliza os dados à Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins.

"Esse processo de atualização das informações entre Ministério da Saúde e SES (estado) está levando até um dia para acontecer e por isso ocorre a divergência dos dados informados pela Semus e SES", explicou.

Prevenção

Para prevenir novos casos da doença em Palmas, a prefeita Cinthia Ribeiro declarou situação de emergência em saúde pública no município de Palmas e suspendeu por tempo indeterminado as atividades  em feiras livres; em shopping centers e estabelecimentos situados em galerias ou polos comerciais de rua; em cinemas, clubes, academias, bares, restaurantes, boates, teatros, casas de espetáculos e casas de eventos; de saúde pública bucal/odontológica, exceto aquelas relacionadas ao atendimento de urgências e emergências; em escolas particulares.

A suspensão abrange também eventos, reuniões e/ou atividades sujeitas a aglomeração de pessoas de pessoas, sejam elas governamentais, artísticas, esportivas e científicas do setor público, sendo as medidas adotadas recomendadas ao setor privado, somando-se as atividades comerciais e religiosas. Suspende ainda eventos anteriormente autorizados pela Administração Municipal e, enquanto perdurar a emergência, estará suspensa a emissão de novos alvarás e cancelados aqueles porventura emitidos.

Já em Araguaína, o prefeito Ronaldo Dimas fechou o Parque Cimba, um dos principais pontos turísticos da cidade, proibiu o consumo e venda de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes, locação de objetos de uso comum, entre outras medidas.

O prefeito também suspendeu consultas médicas e cirurgias eletivas no hospital municipal.

Como proceder em casos suspeitos da Covid-19

Viajante | pessoa que, nos últimos 14 dias, retornou de viagem internacional de qualquer país e apresente febre e pelo menos um dos sinais ou sintomas respiratórios - tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal e dispneia.

Contato próximo | pessoa que, nos últimos 14 dias, teve contato próximo de caso suspeito ou confirmado para Covid-19 e apresente febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório, tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal e dispneia).

Caso provável de doença pelo coronavírus (Covid-19)

Contato domiciliar - pessoa que, nos últimos 14 dias, resida ou trabalhe no domicílio de caso suspeito ou confirmado para Covid-19 e apresente febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório, tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal e dispneia, ou outros sinais e sintomas inespecíficos como fadiga, mialgia/artralgia, dor de cabeça, calafrios, gânglios linfáticos aumentados, diarreia, náusea, vômito, desidratação e inapetência.

Definições e observações

Alerta-se que a febre (considera-se febre temperatura acima de 37,8º) pode não estar presente em alguns casos como, por exemplo: em pacientes jovens, idosos, imunossuprimidos ou que em algumas situações possam ter utilizado medicamento antitérmico. Nessas situações, a avaliação clínica deve ser levada em consideração e a decisão deve ser registrada na ficha de notificação.

Medidas de prevenção

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las.

Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones, teclados, cadeiras, maçanetas, etc. Para a limpeza doméstica recomenda-se a utilização dos produtos usuais, dando preferência para o uso da água sanitária (em uma solução de uma parte de água sanitária para nove partes de água) para desinfetar superfícies.

Utilizar lenço descartável para higiene nasal é outra medida de prevenção importante. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Também é necessário evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Além disso, as máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais da saúde, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o coronavírus.

+ Prefeito fecha Parque Cimba, academias e proíbe venda de bebidas alcoólicas em Araguaína

+ Governador decreta situação de emergência no Tocantins após 1º caso do novo coronavírus

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.