Luto

Pioneiro no Tocantins, médico ortopedista morre aos 57 anos por complicações da covid-19

O médico estava internado em um hospital de São Paulo.

Por Redação 2.864
Comentários (0)

23/11/2020 07h15 - Atualizado há 2 meses
O médico que era servidor concursado do estado desde 1994 deixa esposa e dois filhos

O médico ortopedista Marco Aurélio de Pádua Rocha, 57 anos, faleceu neste domingo (22) em decorrência de complicações causadas pela covid-19. Ele era especialista em ortopedia e traumatologia e estava internado em São Paulo.

Pioneiro na saúde tocantinense, Marco Aurélio era servidor concursado do Estado desde o ano de 1994 e estava lotado atualmente no Hospital Geral de Palmas (HGP).

Em nota de pesar, o Conselho Regional de Medicina (CRM) afirmou que a "a medicina tocantinense fica mais pobre, pois perdeu um profissional gabaritado e atuante".

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) também externou condolências aos familiares e destacou que o médico deixa um legado de excelente profissional, comprometido com um atendimento humanizado e digno aos pacientes, se tornando referência”.

NOTA DE PESAR DO GOVERNADOR EM EXERCÍCIO

"Com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do médico ortopedista, Marco Aurélio de Pádua Rocha, ocorrido neste domingo, 22, em virtude de complicações por Covid-19.

Pioneiro na saúde, Marco Aurélio era servidor concursado no Estado do Tocantins, atuando desde 1994, lotado no Hospital Geral de Palmas (HGP).

Querido por toda a equipe da saúde, Marco Aurélio deixa um legado de excelente profissional, comprometido com um atendimento humanizado e digno aos pacientes, se tornando referência.

Neste momento de luto, externo meus sentimentos e rogo a Deus que console os corações de sua família, amigos e colegas de trabalho, que certamente choram a partida prematura de Marco Aurélio."

Antonio Andrade | Governador em exercício do Estado do Tocantins

___________________________

"A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lamenta profundamente o falecimento do médico ortopedista, Marco Aurélio de Pádua Rocha, 57 anos, ocorrido neste domingo, 22 de novembro, em São Paulo.

Marco Aurélio era pioneiro da Capital, servidor concursado no Estado do Tocantins, desde junho de 1994 e estava lotado no Hospital Geral de Palmas (HGP), onde tinha bom relacionamento com toda equipe.

O profissional deixa um legado de bons serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), pelo seu rotineiro comprometimento com o bem estar dos pacientes, sendo um exemplo a todos os colegas.

A SES expressa seus sinceros sentimentos, aos familiares, amigos e colegas de trabalho neste momento de dor.

Palmas, 22 de novembro de 2020"

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.