Polícia Civil de vários Estados apoia greve no Tocantins e repudia com veemência atitude do Governo

Por Redação AF
Comentários (0)

18/03/2015 11h07 - Atualizado há 3 semanas
<span style="font-size:14px;">Entidades representativas da Pol&iacute;cia Civil de pelo menos seis Estados brasileiros j&aacute; se manifestaram em apoio a greve da categoria no Tocantins e repudiaram, com veem&ecirc;ncia, a atitude do Governo do Estado de mandar recolher o armamento e todo material de trabalho dos servidores, deixando as delegacias vulner&aacute;veis.&nbsp;<br /> <br /> Desde o come&ccedil;o da greve dos policiais civis do Tocantins em 25 de fevereiro, o Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins vem recebendo mensagens de apoio de v&aacute;rias entidades classistas do Brasil, al&eacute;m de manifesta&ccedil;&otilde;es individuais. As mensagens chegam pelos canais de comunica&ccedil;&atilde;o do Sinpol-TO na internet ou, ent&atilde;o, em contatos diretos com o pr&oacute;prio presidente do Sinpol-TO, Moisemar Marinho.<br /> <br /> Entre os Estados que se manifestaram favoravelmente aos policiais do Tocantins, est&atilde;o entidades de Minas Gerais, Acre, Cear&aacute;, Paran&aacute;, Santa Catarina e Goi&aacute;s, al&eacute;m da Cobrapol (Confedera&ccedil;&atilde;o Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis).<br /> <br /> Embora o respaldo dos policiais dos demais estados ocorra desde que a greve se iniciou, houve um grande aumento de manifesta&ccedil;&otilde;es a partir da segunda-feira, 16 de mar&ccedil;o, quando os policiais do Tocantins foram obrigados a entregar suas armas ao Estado por causa de determina&ccedil;&atilde;o do governador Marcelo Miranda.<br /> <br /> <em><img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Nota%20-%20Acre.jpg" style="width: 300px; height: 438px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />&ldquo;O apoio dos policiais de todo o Brasil &eacute; um incentivo para continuarmos firmes no nosso movimento&rdquo;</em>, destacou Moisemar Marinho, ao lembrar que os policiais do Tocantins apenas lutam para restabelecer uma conquista hist&oacute;rica suspensa por um decreto do governador.<br /> <br /> <u><strong>Motivo da greve</strong></u><br /> <br /> A&nbsp; greve &eacute; um protesto da categoria que pede o cumprimento da lei 2.851/2014, que teve seus efeitos suspensos por decreto do governador Marcelo Miranda.<br /> <br /> Segundo o Sinpol, a lei regulamenta conquista hist&oacute;rica dos policiais civis, com o alinhamento da carreira de cerca de 1,3 mil profissionais. O alinhamento foi promovido pelo pr&oacute;prio governador Marcelo Miranda em 2007, na sua pen&uacute;ltima gest&atilde;o.<br /> <br /> Por&eacute;m, a regulamenta&ccedil;&atilde;o da conquista se arrastou por todos os governos seguintes e s&oacute; veio a ocorrer em abril do ano passado, para ter efeitos financeiros parcelados em quatro vezes a partir de 2015.<br /> <br /> Para o Sinpol, embora o governo alegue n&atilde;o ter dinheiro para cumprir a lei, a parcela de 2015 do alinhamento corresponde a apenas 1% da folha de pagamento do Estado e n&atilde;o ultrapassa mensalmente o percentual de 21% do que o Executivo Estadual tem para gastar com o pagamento de sal&aacute;rios de cargos comissionados.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.