Fátima

Prefeito tocantinense decreta 'toque de recolher' após salto expressivo nos casos de covid-19

Cidade tem 59 casos confirmados e dois mortos pela covid-19.

Por Redação 1.215
Comentários (0)

04/08/2020 11h27 - Atualizado há 1 mês
Prefeito de Fátima do Tocantins

Com menos de 4 mil habitantes, a cidade de Fátima, na região central do Tocantins, registrou um rápido aumento no número de casos do novo coronavírus (Covid-19) nos últimos dias.

Nessa segunda-feira (3) foram contabilizados 59 casos positivos. Uma idosa de 66 anos também está hospitalizada em unidade de terapia intensiva (UTI) em Palmas. Duas pessoas já morreram na cidade por causa da doença. Há ainda outros 12 pacientes com sintomas suspeitos, que aguardam resultado dos exames. Em um só dia, na última quinta-feira, 12 pessoas tiveram resultados positivos.

Diante do aumento dos casos, o prefeito Washington Vasconcelos adotou medidas mais rígidas para tentar conter a proliferação da doença. A principal delas foi a determinação do toque de recolher, proibindo a abertura de qualquer tipo de comércio local das 20h às 6h.  

O prefeito também anunciou a aquisição 2 mil testes rápidos e 500 kits para testes swab, a fim de agilizar os diagnósticos no município. 

“Foi necessário adotar medidas enérgicas para combater a proliferação do vírus em nossa cidade. Convocamos a adesão da comunidade nesta batalha para que, juntos, possamos combater esse mal”, enfatizou.

Vista aérea da cidade de Fátima

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.