Pandemia

Prefeito Wagner abre 10 novos leitos de UTI Covid com recursos próprios em Araguaína

O gestor busca parcerias com o Governo do Estado, prefeituras e hospitais privados.

Por Redação 1.242
Comentários (0)

22/02/2021 13h40 - Atualizado há 2 meses
Hospital Municipal contará com 20 leitos de UTI, sendo 15 mantidos pela própria prefeitura

O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, anunciou nesta segunda-feira (22) a implantação de mais 10 leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) para tratamento de pessoas com covid-19 no Hospital Municipal de Campanha, em razão nova onda da doença no Tocantins. Os leitos serão mantidos com recursos próprios do tesouro municipal. 

A hospital já dispõe de outros 10 leitos, sendo cinco credenciados junto ao Ministério da Saúde para recebimento de recursos e outros cinco custeados pelo própria prefeitura. Com os novos leitos, Araguaína passará a manter sozinha 15 leitos de UTI Covid, inclusive atendendo pacientes de outros municípios. 

"Estamos preocupados com o estado de calamidade que o Tocantins vem apresentando, considerando as últimas notícias e ainda o estado de colapso atingido na rede privada de Palmas, assim como o aumento dos casos e a evolução para extremos, como a bandeira preta no Rio Grande do Sul e o lockdown que vem ocorrendo em municípios de São Paulo, além de diversos outros exemplos no País. Por isso, estamos antecipando uma medida diante do agravamento com essas altas taxas de ocupação”, assegurou o prefeito.

VEJA TAMBÉM

FIM DO CONTRATO

Encerra nesta terça-feira (23) o contrato do Governo do Estado com o Hospital Dom Orione para disponibilização de 10 leitos de UTI Covid. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) ainda não informou se fará a renovação do convênio.  

CAPACIDADE PARA MAIS 40 LEITOS

Conforme o prefeito, o Hospital Municipal de Campanha ainda dispõe de estrutura para implantação de mais 40 leitos, que poderá ser utilizada, mediante convênio ou termo de parceria, pelo Governo do Estado, outros municípios e hospitais privados de todo o Tocantins.

Wagner está em Brasília tentando viabilizar apoio da bancada federal para ampliação e manutenção dos novos leitos. O prefeito já propôs ao Governo do Estado parceria para o funcionamento total do Hospital Municipal de Campanha. “É muito importante que haja uma soma de esforços para enfrentar adequadamente essa terrível pandemia. Todas as esferas precisam contribuir e estou sempre em busca disso”, destacou o prefeito.
 
Em funcionamento desde novembro do ano passado, o Hospital Municipal de Campanha foi o primeiro do Tocantins e funciona em prédio próprio no Setor Jardim das Flores, com atendimento de pronto-atendimento 24 horas, internação clínica e de UTI para pacientes dos 64 municípios da região Meio Norte. Atualmente, a unidade conta com 30 leitos clínicos e 20 de UTI, além de 6 leitos de estabilização (emergência).

VACINAÇÃO

Até esta segunda-feira, 6.527 pessoas já foram vacinadas em Araguaína. O prefeito Wagner Rodrigues pede que a população obedeça às medidas restritivas e de distanciamento social. “A população tem que contribuir. Somente ampliar a capacidade hospitalar não resolve o problema. Não queremos adotar medidas restritivas mais duras, mas se for necessário, adotaremos”.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.