Aprendizado

Programa de inclusão social do Senar transforma metodologia de ensino no campo

O treinamento tem carga horaria de 24 horas e baseia-se na premissa da acessibilidade atitudinal.

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

20/07/2019 09h00 - Atualizado há 1 mês
Capacitação do Senar

Na política de inclusão social das pessoas com deficiência, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Tocantins (Senar/TO) promoveu nessa semana em Palmas uma capacitação do Programa Apoena para colaboradores e instrutores da formação profissional rural e promoção social da instituição.

Concebido pela Administração Central do Senar, o Apoena, do tupi-guarani, significa ‘aquele que enxerga longe’, vislumbrando os princípios democráticos de igualdade e de respeito à dignidade, ‘enxergando’ nas pessoas com deficiência muito mais que sua limitação, mas suas potencialidades, habilidades e competências.

O treinamento tem carga horaria de 24 horas e baseia-se na premissa da acessibilidade atitudinal, aborda as especificidades das deficiências física, auditiva, visual, intelectual e psicossocial, além das altas habilidades. 

A psicóloga Renata Ramos Ribeiro Rubira, que ministrou o treinamento, explica que o foco é trabalhar com os agentes, sejam eles instrutores, mobilizadores ou supervisores.

A ideia é que toda equipe técnica da instituição tenha uma mudança de comportamento para que eles se adaptem a novas formas de ensino e identifiquem nos alunos o que os torna habilitados para o desempenho de uma profissão.

O Apoena existe para que os profissionais do Senar não foquem na limitação que determinado estudante tem, e sim, nas demais potencialidades que devem ser aproveitadas. Atrelado a isso, o programa aborda os comportamentos inclusivos, terminologias da educação inclusiva, legislação e especificidades de cada deficiência”, disse.

Para a supervisora do Senar, Mileny de Oliveira Simão, o Apoena é um treinamento onde se aprende que as pessoas com deficiência necessitam de amor. “Esse treinamento me emocionou em vários momentos e me fez enxergar a vida de outra forma, sempre vendo o lado positivo das pessoas e a capacidade de cada um”, afirmou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.