É de graça!

Projeto 'Jeito de Mulher' abre vagas para cursos em áreas tradicionalmente masculinas no Tocantins

O público alvo do projeto são mulheres preferencialmente de baixa renda.

Por Redação 1.300
Comentários (0)

17/01/2020 15h04 - Atualizado há 1 mês
Cada turma dos cursos contará com 15 vagas

O projeto ‘Jeito de Mulher’ já beneficiou 210 mulheres tocantinenses com qualificação profissional em áreas tradicionalmente masculinas e reabre inscrições nesta segunda-feira (20) para cursos gratuitos que serão realizados inicialmente em Araguaína, Palmas, Paraiso e Porto Nacional.

Em Araguaína, a qualificação será de eletricista de instalações comerciais e residenciais (180 horas).

Em Palmas, as aulas serão de mecânica de motor a gasolina e álcool (260 horas) e pedreiro (200 horas).

Já Paraíso e Porto Nacional terão turmas de produção de derivados de leite (80 horas).

As aulas para estes cursos estão previstas para começarem em 03 de fevereiro. O público alvo do projeto são mulheres preferencialmente de baixa renda, na condição de desemprego ou subemprego, e aquelas que almejam a inserção no mercado de trabalho para atuar em áreas consideradas tradicionalmente masculinas.

Como participar

As mulheres interessadas em participar podem se inscrever em Araguaína na unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) da cidade; em Palmas, nas unidades do Sine no Centro e Taquaralto, e na Escola Estadual Duque de Caxias (Taquaruçu); em Porto Nacional, no Sine da cidade; e em Paraíso, no Centro de Referência da Assistência Social (Cras). Os documentos necessários para inscrição são CPF, RG e comprovante de endereço.

Cada turma dos cursos contará com 15 vagas, mas também serão feitas inscrições para um cadastro de reserva, caso haja alguma desistência da lista principal.

Segundo o secretário estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social, José Messias Araújo, reativar esse projeto é uma conquista para o povo tocantinense. “Precisamos avançar nesse paradigma e entender que o trabalho não tem gênero. As mulheres podem e devem trabalhar em qualquer atividade que lhes seja conveniente, e o projeto Jeito de Mulher vem para qualificar essas profissionais”, ressaltou o secretário.

Nesta nova etapa o projeto capacitará mais 225 mulheres com turmas em todos os municípios contemplados na primeira fase, que são Araguaína, Araguatins, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Palmas, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional. 

Além de participarem dos cursos gratuitamente, as alunas serão contempladas com todo o material didático das aulas teóricas, os materiais e os equipamentos de segurança necessários para as disciplinas práticas, além de alimentação e vales-transportes diários.

O secretário executivo da Setas, Tiago Costa, ressalta que nessa nova etapa do Projeto o Governo do Tocantins vem buscando parcerias com empresas e instituições privadas de modo a possibilitar para que as alunas sejam inseridas no mercado de trabalho.

Próximas qualificações

Mais cursos do projeto ‘Jeito de Mulher’ também acontecerão posteriormente:

Araguatins – Produção de Derivados de Leite (80 horas);

Dianópolis - Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Instalador de Alarme Residencial (80 horas);

Guaraí - Produção de Derivados de Leite (80 horas);

Gurupi - Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas);

Palmas – Mecânica de Injeção Eletrônica (160 horas);

Paraíso do Tocantins - Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas);

Porto Nacional – Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas).

Projeto capacitará mais 225 mulheres nesta primeira etapa

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.