Palavra de especialista!

Psicóloga do HDT em Araguaína lista 7 dicas preciosas para melhorar a saúde mental

Problemas psicológicos foram agravados pela pandemia.

Por Redação 1.511
Comentários (0)

31/01/2022 09h12 - Atualizado há 2 anos
Expresse os seus sentimentos, diz psicóloga

A psicóloga do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT/Ebserh), Nara Damaceno preparou sete dicas para melhorar a saúde mental, que segundo ela, diz respeito ao bem-estar físico, psíquico, social, espiritual, e não simplesmente a ausência de doenças.

“Em todo o mundo 1/3 das incapacitações são causadas por transtornos ansiosos e depressivos, situação agravada pela pandemia”. As informações estão no folder (acesse aqui) disponibilizado aos colaboradores, pacientes e acompanhantes durante ação realizada nesta sexta-feira (28).

Além do folder, a Comissão de Humanização em parceria com a Unidade de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (USOST) preparou cartões de mensagens em caixinhas dispostas em locais estratégicos de grande fluxo de pessoas, e ainda está realizando a montagem da “árvore da gratidão” para ao final reunir um conjunto de motivos pelo qual é possível ser grato.

Janeiro Branco

A profissional explica que a escolha do primeiro mês do ano para trabalhar a saúde mental foi motivada pelo fato de janeiro ser normalmente associado à renovação, desejo de mudanças, e sendo assim oportuna para propor uma reflexão sobre o tema. Confira a seguir as dicas:

1- Dedicar tempo para si mesmo:

Muitas vezes ficamos no automático e não percebemos nossas motivações, frustrações. Separe alguns minutos por dia para que possa refletir, respirar, estar consciente de seus sentimentos, desejos.

2- Busque hobbies que te dê satisfação mesmo que sejam simples

Pequenas atividades podem nos trazer prazer e renovar nosso estado emocional, assim como facilitar entrar em contato com nossa emoção como: escutar música, cantar, desenhar, jogos, praticar esportes etc.

3- Fortaleça seus laços afetivos

Possuir relações afetivas é uma importante estratégia para enfrentar situações estressantes, pois nelas encontramos suporte, confiança e não nos sentimos sozinhos, por exemplo. É importante buscar pessoas próximas com quem nos demos bem e estreitar esses laços, cultivar boas companhias inclusive no trabalho.

4- Expresse os seus sentimentos

É muito comum que a alegria e o sorriso sejam expressos com frequência, mas outros sentimentos igualmente necessários são pouco aceitos, como a tristeza e o choro. Todas as emoções são necessárias e compõe a vida, por isso é interessante que nos expressemos, mesmo que para isso seja necessário tirar alguns minutos sozinho. Sufocar nossos sentimentos pode ser muito prejudicial para nossa saúde mental.

5- Atividade física

O exercício físico além de ser um grande aliado do condicionamento físico é também facilitador da saúde mental. A atividade física melhora nossa capacidade de memória, concentração e age diretamente na área cerebral responsável pelas emoções, além disso induz a criação de novos neurônios e novas ligações entre esses. Pode contribuir também na esfera social de nossa vida, facilitando o surgimento ou aprofundamento de novos relacionamentos.

6- Espiritualidade

O ser humano é biopsiquicoespiritual e isso significa que a espiritualidade nos compõe, sendo importante que tenhamos nossa espiritualidade, seja ela qual for. A espiritualidade se restringe à religião, mas é aquilo que traz significado à nossa vida e é importante que cultivemos essa ideia.

7- Busque ajuda profissional

Caso perceba alguma alteração que atrapalhe o andamento normal de sua vida, busque ajuda. A nossa mente merece respeito e cuidados como qualquer outra área de nosso corpo. O cuidado profissional não precisa vir apenas quando algo está errado, mas também como prevenção.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.