Selecionados

Quase 40 estudantes do Tocantins vão participar da Mostra Brasileira de Foguetes no Rio de Janeiro

A fase final da olimpíada será em outubro, por ocasião da Jornada de Foguetes.

Por Redação
Comentários (0)

19/07/2019 10h30 - Atualizado há 1 mês
Estudantes durante atividades preparatórias

A Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) selecionou 37 estudantes do Tocantins para a fase nacional em outubro, no Rio de Janeiro.

Entre outros objetivos, ação visa fomentar o interesse dos jovens pela astronáutica, física, astronomia e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa.

Da rede estadual de ensino foram selecionados 18 estudantes, sendo três alunos de cada uma das seguintes unidades escolares: Colégio Estadual Doutor Abner Araújo Pacini, de Almas; do Colégio da Polícia Militar do Estado do Tocantins – João XXIII – Unidade X, de Colinas do Tocantins; do Colégio Estadual Alair Sena Conceição, de Figueirópolis; da Escola Estadual Rezende de Almeida, de Itapiratins; do Centro de Ensino Médio Félix Camoa, de Porto Nacional; e do Centro de Ensino Médio Darcy Ribeiro, de Tocantinópolis.

Os outros 19 tocantinenses selecionados para Mostra Brasileira de Foguetes são de escolas municipais, particulares e de institutos federais. 

A participação dos alunos é voluntária e não há obrigatoriedade de número mínimo ou máximo de estudantes ou equipes, mas indica-se que cada equipe tenha, no máximo, três alunos. A fase final da olimpíada ocorrerá em outubro, quando será realizada a Jornada de Foguetes, no Rio de Janeiro, na cidade de Barra do Piraí.

São convidados para lançarem os seus foguetes na Jornada os alunos do nível 4 (ensino médio ou superior), que na fase realizada na unidade escolar conseguiram que seus foguetes atingissem mais de 100 metros de distância.

Experimentalmente, este ano, também foram convidados os alunos do nível 3 (6º ao 9º ano do ensino fundamental) para uma Jornada de Foguetes exclusiva para esse nível 3, mas com as mesmas condições mencionadas para o nível 4.

Na Escola Estadual Resende de Almeida, os estudantes Breno Fiuza Lacerda, Salum Jessé da Silva Santos e Samara Soares Campos tiveram a orientação dos professores de química Amanda Ferreira Costa e Beneval Soares de Souza Filho.

Conforme Beneval Soares de Souza Filho, o trabalho prático motiva os estudantes a buscarem mais conhecimento nas áreas de química, física e matemática. “Essa conquista representa estímulo para os estudantes e provoca a participação de outros alunos na olimpíada, o que aumenta o interesse pela pesquisa científica nessas áreas de conhecimento”, destacou.

De acordo com Samara Soares Campos, o resultado foi uma surpresa que ela esperava. “Trabalhamos muito para alcançar a fase nacional da Jornada de Foguetes. Sentimos-nos honrados com essa conquista, e estamos otimistas em participar da fase nacional da olimpíada no Rio de Janeiro”, comentou.

Para Eva da Silva Azevedo, diretora da Escola Resende de Almeida, a conquista traz alegria. “Estamos agradecidos com esta conquista de nossos alunos e de nossos professores. Isso demonstra que está valendo a pena trabalhar com pesquisa e com a prática”, finalizou.

A lista de todos os estudantes selecionados está aqui.

Os foguetes foram feitos pelos próprios estudantes

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.