Mercado

Redes sociais e decote podem prejudicar entrevista de emprego; especialistas dão dicas

No Tocantins, Araguaína foi líder na geração de empregos formais em 2018 e pode representar uma boa oportunidade.

Por Redação
Comentários (0)

13/03/2019 09h44 - Atualizado há 1 semana
Entrevista de emprego

Líder na geração de empregos formais no Tocantins em 2018, a cidade de Araguaína pode representar uma boa oportunidade para quem está desempregado.

Para ajudar na hora da entrevista de emprego, profissionais de Recursos Humanos da prefeitura apresentam dicas e alertas.

Foco na entrevista

O candidato precisa programar suas atividades para dar foco na entrevista. Para o momento, as especialistas destacam que não basta ser pontual, deve-se chegar mais cedo para controlar a respiração. A roupa precisa ser neutra, limpa e bem passada e a aparência precisa estar alinhada com a vaga requerida.
 
Os homens estão usando muito a barba grande, de lenhador, mas mesmo com uma barba longa, o que conta é se é zeloso, se tem o ar de limpeza e se está cuidada”, descreveu Magda Carvalho, superintendente de Administração e responsável pelo RH.
 
Já sobre as mulheres, Magda recomenda que elas devem buscar um tom clássico. “Evite pulseiras e colares grandes. A maquiagem não pode ser exagerada. Nada de roupa curta e decote. E não precisa ser um salto, mas também não pode ser aquela rasteirinha que fica arrastando no chão”, afirmou.
 
Outro ponto importante desse momento é manter a calma. Segundo a superintendente, há entrevistadores que atrasam ou fingem desinteresse para aplicar o teste, mas tudo não passa de atuação.

Isso é para saber o nível de tolerância, resistência à frustração e ansiedade. O entrevistador pode até atrasar, o entrevistado tem que chegar no horário e esperar o quanto for”, disse.
 
Cuidados nas redes sociais

As redes sociais podem prejudicar a conquista da vaga e, para a superintendente, o emprego é a extensão da vida social, sendo indivisível. “Não dá para ser um emprego e outro na vida social. A minha postura e conduta, formas de levar os processos da vida se refletem”, disse.
 
“Não é que não deva colocar fotos de biquíni, tudo depende da postura da foto. Precisamos tomar cuidado devido à imagem que precisamos manter na profissão. Se, se posiciona com opiniões muito fortes, pode se mostrar uma pessoa tempestiva e se mostrar sem equilíbrio para lidar com opiniões diversas”, salientou.
 
As palavras devem ser verdadeiras

A psicóloga Ana Moreira afirma que ser sincero é indispensável, pois a verdade sempre aparece e o novo empregado pode perder rapidamente o posto de trabalho. “Se ficar inventado, uma hora o entrevistador vai pegar, a pessoa vai se contradizer”, aconselhou.
 
Outro ponto destacado pelas especialistas é sobre o antigo emprego. “Você quer destruir a chance de ser empregado é falar mal do emprego anterior. É muito comum o entrevistador perguntar o motivo do trabalho anterior. Nunca fale mal. Diga apenas que ‘chegou momento ou os objetivos não eram os mesmos’”, alertou a secretária executiva da Administração, Rejane Mourão.

(Marcelo Martin - com alterações)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.