Ricardo Ayres apresenta PEC que regulariza promoções e proíbe excepcionalidade

Por Redação AF
Comentários (0)

18/03/2015 16h41 - Atualizado há 3 semanas
<span style="font-size:14px;">O deputado Ricardo Ayres apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que regulariza as promo&ccedil;&otilde;es da Pol&iacute;cia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins. Na</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;sess&atilde;o desta quarta-feira (18),&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">o parlamentar voltou a defender a&nbsp;proposta em discurso na</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;Assembleia Legislativa</span><span style="font-size:14px;">.<br /> <br /> De acordo com a proposta, as promo&ccedil;&otilde;es aos membros destas corpora&ccedil;&otilde;es ocorrer&atilde;o somente na forma da lei, devendo ser feitas com planejamento e respeito &agrave; proporcionalidade e equil&iacute;brio do n&uacute;mero de militares em cada posto ou gradua&ccedil;&atilde;o. Com o intuito de inibir qualquer promo&ccedil;&atilde;o da categoria por meios n&atilde;o previstos por lei, fica tamb&eacute;m vedado o estabelecimento de crit&eacute;rios promocionais excepcionais.<br /> <br /> Para o parlamentar &eacute; necess&aacute;rio disciplinar e colocar em n&iacute;vel constitucional as diretrizes que servir&atilde;o de leis, respeitando o merecimento e a antiguidade como crit&eacute;rios objetivos. <em>&ldquo;Com isso a gente recupera e prestigia a hierarquia e a disciplina, premia tamb&eacute;m a meritocracia, para que os melhores e aqueles mais velhos possam ascender &agrave;s categorias superiores da corpora&ccedil;&atilde;o. &Eacute; entendido que o favoritismo, ou qualquer tipo de crit&eacute;rio n&atilde;o objetivo, possa contaminar a organiza&ccedil;&atilde;o da nossa Pol&iacute;cia Militar. N&oacute;s vamos moralizar e fazer com que a nossa corpora&ccedil;&atilde;o funcione adequadamente, e as pessoas que comp&otilde;em os seus cargos possam sentir que o crit&eacute;rio da justi&ccedil;a funcione como medida &agrave;s promo&ccedil;&otilde;es dos militares&rdquo;</em>, justifica.<br /> <br /> A proposta ser&aacute; encaminhada para a Comiss&atilde;o de Constitui&ccedil;&atilde;o e Justi&ccedil;a e depois retorna para vota&ccedil;&atilde;o no Plen&aacute;rio.&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;<br /> <br /> Para que a PEC fosse apresentada na Casa, conforme determina o regimento interno da Assembleia, Ricardo Ayres contou com as assinaturas dos seguintes parlamentares: Am&aacute;lia Santana (PT), Jos&eacute; Bonif&aacute;cio (PR), Nilton Franco (PMDB), Olyntho Neto (PSDB), Paulo Mour&atilde;o (PT), Rocha Miranda (PMDB), Toinho Andrade (PSD), Valderez Castelo Branco (PP), Z&eacute; Roberto (PT).</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.