Ilha do Bananal

Rota do calcário, trecho da TO-255 receberá asfalto com investimento de R$ 47 milhões

Cerca de 250 caminhões trafegam pela estrada diariamente.

Por Joselita Matos 1.842
Comentários (0)

02/09/2021 09h35 - Atualizado há 4 meses
Mauro Carlesse com autoridades dando autorização para asfalto na TO-255

A rodovia TO-255 entre a cidade de Lagoa da Confusão e o porto de Barreira da Cruz (Rio Javaés), até a divisa com a Ilha do Bananal, receberá pavimentação asfáltica. O trecho tem 47,25 km de extensão. O investimento será de R$ 47,1 milhões. 

Serão realizadas obras de terraplanagem, obras de arte, drenagem e pavimentação asfáltica. O asfaltamento desse trecho rodoviário é uma reivindicação de décadas da população da região, principalmente do setor produtivo do agronegócio, pequenos produtores rurais e comunidades indígenas.

Além de favorecer o tráfego de veículos, a pavimentação da rodovia vai reduzir o custo de produção, facilitar o escoamento e proporcionar mais segurança para os usuários. 

A rodovia é um importante trajeto para o transporte escolar dos alunos da zona rural e das comunidades indígenas da região da Ilha do Bananal. Além disso, diariamente, cerca de 250 caminhões trafegam pela estrada, transportando minérios, como o calcário, e alimentos como melancia, arroz, feijão e soja. 

A secretária de Estado da Infraestrutura, Juliana Passarin, afirmou que as máquinas já estão no local. "É um trecho rodoviário de grande importância socioeconômica e as obras serão iniciadas imediatamente", adiantou.

Rio Javaés

O governador Carlesse aproveitou a visita na Região para fazer um sobrevoo ao longo do Rio Javaés, acompanhado de representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O objetivo foi discutir soluções para os impactos nas espécies aquáticas e nas comunidades ribeirinhas que vivem ao longo do rio. 

Dentre os problemas identificados no rio Javaés estão os bancos de areia, formados no leito do rio, em determinados períodos do ano, e sedimentos que impedem a passagem de água do Rio Araguaia para o Javaés.

Em 2019, uma visita técnica realizada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) detectou que, nesta época do ano, o Rio Javaés sofre com interrupção do escoamento, devido à formação de bancos de areia, em uma extensão de 65 km, desde a nascente do rio. 

VEJA MAIS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.