Seduc e Sintet discutem mudanças na carga horária dos professores

Por Redação AF
Comentários (0)

22/11/2012 10h19 - Atualizado há 1 mês
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;">O colegiado do Sintet &ndash; Sindicato dos Trabalhadores em Educa&ccedil;&atilde;o no Estado do Tocantins, participou nesta quarta-feira, 21, de uma reuni&atilde;o com o secret&aacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o, Danilo de Melo Souza e equipe, com o objetivo de discutir a proposta de redu&ccedil;&atilde;o da carga hor&aacute;ria em sala de aula e da amplia&ccedil;&atilde;o do tempo destinado ao planejamento das aulas.<br /> <br /> O Sintet considerou a proposta um avan&ccedil;o. As escolas j&aacute; est&atilde;o optando pela aprova&ccedil;&atilde;o ou n&atilde;o por meio de vota&ccedil;&atilde;o no site da Secretaria da Educa&ccedil;&atilde;o www.seduc.to.gov.br, no link&nbsp; &lsquo;Consultar carga hor&aacute;ria 2013&rdquo;. At&eacute; o momento, as escolas t&ecirc;m votado a favor da mudan&ccedil;a da carga hor&aacute;ria.<br /> <br /> O presidente do Sindicato, Jos&eacute; Roque Rodrigues Santiago, explicou que a aprova&ccedil;&atilde;o do Sintet depende do formato que se dar&aacute; a proposta, a qual n&atilde;o deve reduzir a carga hor&aacute;ria dos professores. Jos&eacute; Roque disse tamb&eacute;m que a luta &eacute; para que a proposta seja transformada em algo consistente que n&atilde;o sofra altera&ccedil;&atilde;o em casos de mudan&ccedil;as de governo.<br /> <br /> O Sintet e a equipe da Seduc continuam as discuss&otilde;es na pr&oacute;xima semana, em mais uma reuni&atilde;o. As escolas est&atilde;o sendo respons&aacute;veis para promover reuni&otilde;es com os professores e discutir o assunto. (</span><span style="font-size: 14px;">Jos&eacute;lia de Lima)</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.