Serviço social faz a diferença no atendimento do Hospital Regional de Araguaína

Por Redação AF
Comentários (0)

08/11/2013 17h51 - Atualizado há 1 segundo
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;">O Hospital Regional P&uacute;blico de Aragua&iacute;na (HRPA) realiza um trabalho di&aacute;rio na &aacute;rea da assist&ecirc;ncia social, promovendo apoio e atendimento especializado tanto para os pacientes como para os acompanhantes. De janeiro a setembro desse ano, foram realizados 13.563 atendimentos pelo Servi&ccedil;o Social do hospital; em 2012, o n&uacute;mero chegou a 39.804 atendimentos.<br /> <br /> O Servi&ccedil;o Social do HRPA faz orienta&ccedil;&otilde;es, visitas a pacientes internados e tamb&eacute;m domiciliares, buscas ativas para identifica&ccedil;&atilde;o social, entre outros. De acordo com o assistente social Cerilo Lalico, o setor faz um trabalho amplo dentro da unidade, n&atilde;o apenas acompanhando os pacientes e familiares.<br /> <br /> Segundo Lalico, o Servi&ccedil;o Social faz orienta&ccedil;&otilde;es sobre o INSS, &oacute;bitos, aux&iacute;lio doen&ccedil;a, aux&iacute;lio funer&aacute;rio, informando para aqueles que procuram o setor quais os procedimentos a serem feitos e tamb&eacute;m encaminhando para os &oacute;rg&atilde;os respons&aacute;veis. Tamb&eacute;m explicou sobre as buscas ativas. &ldquo;N&oacute;s fazemos uma busca ativa, que nem sempre se restringe ao Tocantins, mas a outros Estados, buscando a documenta&ccedil;&atilde;o e familiares dos pacientes que por ventura d&atilde;o entrada na unidade e n&atilde;o apresentem nenhum tipo de documenta&ccedil;&atilde;o&rdquo;, disse.<br /> <br /> Os assistentes sociais tamb&eacute;m visitam os pacientes internados, verificando a necessidade deles, se est&atilde;o precisando de algo. Em rela&ccedil;&atilde;o aos acompanhantes, quando o familiar est&aacute; internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e vem de outra localidade, o acompanhante &eacute; direcionado para a Casa de Apoio Tranoi.<br /> <br /> Lalico tamb&eacute;m explicou sobre o Tratamento fora de Domic&iacute;lio &ndash; TFD. De acordo com o assistente social, quando o paciente precisa de um atendimento de uma especialidade e que ainda n&atilde;o tem no hospital, o Servi&ccedil;o Social procura um local onde tenha disponibilizado este tipo de atendimento e o encaminha, tudo sendo custeado pelo Estado.<br /> <br /> O Servi&ccedil;o Social do HRPA possui 11 assistentes sociais e tr&ecirc;s assistentes administrativos. O atendimento na unidade &eacute; realizado no per&iacute;odo das sete a meia noite, todos os dias. Mas a Secretaria Estadual de Sa&uacute;de (Sesau) tem um projeto de ampliar ainda mais o atendimento e passe a funcionar em 24 horas.<br /> <br /> <u><strong>Trabalho que emociona</strong></u><br /> <br /> O assistente social conta sobre um dos fatos que, infelizmente, ocorre no hospital e que deixa os outros profissionais do setor sensibilizados &eacute; quando familiares deixam os pais, geralmente idosos, sozinhos, sem acompanhamento durante o per&iacute;odo de interna&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Entramos em contato com a fam&iacute;lia e informamos sobre o fato, orientando que os idosos n&atilde;o podem ficar sozinhos. Mas quando o abandono persiste, n&oacute;s fazemos um relat&oacute;rio e levamos o caso para a Assessoria Jur&iacute;dica do hospital, para que sejam tomados os procedimentos cab&iacute;veis&rdquo;</em>, detalha o assistente social.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.