BRK

Tecnologia é forte aliada para garantir abastecimento de água com qualidade em Palmas

O processo de tratamento de água consiste em 6 etapas.

Por Redação
Comentários (0)

26/06/2020 15h21 - Atualizado há 2 anos
BRK Ambiental é a empresa responsável pelos serviços de água e esgoto

Os recursos tecnológicos são cada vez mais utilizados em nossas vidas. E isso não é diferente no saneamento básico. Da mesma maneira como ocorre em outros setores da sociedade, essa área também é beneficiada com o advento da internet, da tecnologia e os seus desdobramentos.

A tecnologia no saneamento pode trazer diversos benefícios, como a melhoria na qualidade e nos processos; identificação mais precisa de danos e ameaças, além da ampliação do acesso ao saneamento básico.

Em Palmas, a BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de água e esgoto, utiliza constantemente diversas tecnologias para garantir à população acesso ao abastecimento de água e ao esgotamento sanitário.

Dentre as tecnologias utilizadas no processo de tratamento de água de Palmas estão os equipamentos para análise de processo e de bancada.

Os equipamentos de processo analisam vários parâmetros, como turbidez, cloro, flúor e Ph. Eles são instalados em etapas específicas para o controle dos parâmetros no processo de tratamento de água.

O processo de tratamento de água consiste nas seguintes etapas:

1 - Adução – motobombas que levam a água da captação para a ETA;

2 - Floculação - a água recebe um coagulante que promove uma reação que separa os resíduos sólidos e os organiza em flocos;

3 - Decantação - nos tanques de decantação, os flocos de impureza afundam e são separados do restante do líquido;

4 - Filtração - filtros formados por camadas de areia grossa, areia fina, cascalho, pedregulho e carvão promovem a completa remoção dos últimos flocos de resíduos;

5 - Desinfecção - água recebe adição de cloro, flúor e controle do PH;

6 - Reservatório - a água filtrada e tratada na ETA é armazenada em dois grandes reservatórios para ser distribuída à rede de abastecimento de Palmas.

“Com os equipamentos instalados diretamente em cada etapa do tratamento, o Centro de Controle Operacional consegue acompanhar se a água está com os parâmetros dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde”, explica Sandra Leal, gerente de operações da BRK Ambiental em Palmas.

Outra tecnologia importante utilizada no tratamento de água em Palmas é o equipamento para o ensaio de jar test, que consiste na simulação das etapas de coagulação, floculação e decantação.

“No momento da aplicação do coagulante, é necessário a realização do ensaio em jar test para definição da quantidade e dosagem adequada do produto. É indispensável que a dosagem seja precisa, caso contrário não ocorre a clarificação da água”, completa a gerente.

Ao adotar tecnologias no processo de tratamento, a concessionária garante a qualidade da água distribuída a população.

Recomendações

Diante da pandemia da covid-19, a recomendação dos órgãos sanitários e das autoridades médicas é para que as pessoas evitem aglomerações e deslocamentos que não sejam essenciais.

O período também exige atenção redobrada com a limpeza e higiene pessoal e, nesse sentido, é fundamental alguns cuidados básicos para evitar o desperdício de água, o que pode também auxiliar no controle do orçamento, com a redução do consumo mensal.

Além disso, é importante realizar a correta utilização do sistema de esgotamento sanitário, evitando o descarte de resíduos nas redes coletoras de esgoto.

“É sempre importante reforçar que a água é um recurso finito é deve ser utilizada de forma consciente. Pequenas mudanças de hábitos podem fazer uma grande diferença para o meio ambiente, além de contribuir para a redução do consumo mensal”, recomenda a gerente.

Como economizar água?

Mudanças simples de hábitos são fundamentais para o futuro da água. Confira as dicas a seguir:

1. Cronometre o banho

Um banho de 15 minutos pode gastar até 135 litros de água. Se você reduzir o tempo embaixo do chuveiro para 5 minutos, apenas 45 litros são utilizados. Portanto, o ideal é optar por banhos rápidos, que durem o tempo necessário para fazer a higienização do corpo. Além disso, para potencializar a economia, desligue o chuveiro ao lavar o cabelo e ao se ensaboar.

2. Desligue a torneira ao escovar os dentes

As torneiras também são grandes responsáveis pelo desperdício. Escovar os dentes e lavar o rosto e as mãos com a torneira aberta pode representar um gasto de 12 litros de água. Por isso, feche-as bem sempre que não estiver usando a água.

3. Ensaboe todas as louças de uma só vez

Antes de lavar a louça, retire os restos de comida com o apoio de um guardanapo ou toalha de papel e ensaboe todas de uma só vez, com a torneira fechada. Depois, faça o enxágue. Outra dica é lavar os utensílios menos engordurados primeiro. Assim, a gordura não se espalha para os outros itens.

4. Limite o uso da máquina de lavar

O ideal é usar a máquina sempre cheia e em ciclos completos de lavagem. Para isso, acumule mais roupas para lavar tudo de uma vez. Alguns eletrodomésticos mais modernos também oferecem um modo econômico, que gasta até 30% menos água e energia.

5. Reaproveite a água da máquina de lavar

A água utilizada na máquina de lavar costuma ser descartada pelo ralo. No entanto, por conter apenas resíduos de sabão, na maioria dos casos, ela pode ser reaproveitada e servir para lavar pisos, lavar o quintal e até regar plantas. Caso precise guardar essa água por alguns dias, o ideal é utilizar um pouco de cloro para evitar a proliferação de micro-organismos que causam mau cheiro.

6. Não lave calçadas com mangueira

Lavar a calçada com mangueira é uma atitude pouco consciente e pode representar um gasto de 120 litros de água. Em Fortaleza, por exemplo, existe multa para quem faz uso contínuo de água nessa atividade. Portanto, prefira usar a vassoura para limpar o quintal e a calçada.

7. Implemente a descarga com válvula de duplo acionamento

Usar sempre a mesma quantidade de água na descarga é desperdício. Já existem sistemas desenvolvidos para liberar água na bacia sanitária de acordo com a necessidade. A válvula de duplo acionamento pode ser instalada tanto em descargas de parede quanto em caixas acopladas.

8. Verifique e corrija quaisquer vazamentos

Infiltrações e vazamentos podem acontecer sem que você perceba e representar um elevado desperdício de água – além de dar um susto na conta que chega no final do mês. Goteiras e manchas na parede são indícios que aparecem quando problemas maiores já se instalaram há mais tempo. Outros sinais são mofo, pintura com bolhas, pintura com aspecto umedecido e bolor. Nesses casos, o ideal é buscar ajuda especializada.

9. Feche bem as torneiras

Torneira vazando é fácil de perceber e pode desperdiçar até 40 litros de água por dia. Se perceber esse problema, é fundamental realizar a troca ou o conserto. Se a resolução for demorar alguns dias, não deixe de recolher a água para que seja possível reutilizá-la. 

10. Lave o carro com baldes

Não use a mangueira para lavar o carro — opte por baldes, que evitam o desperdício. Outra forma de economizar é a ecolavagem, que deixa o veículo limpo e protegido com menos de um litro de água. Basta ter dois panos de microfibra, um shampoo especial para lavagem e um borrifador com 400 ml de água.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.