MPE cobra providências

Transporte escolar em Aragominas pode ser interrompido por falta de combustível; MPE faz recomendação

Por Redação AF
Comentários (0)

19/12/2015 08h59 - Atualizado há 1 mês
A Secretaria Estadual de Educação tem até a próxima segunda-feira (21), para atender à recomendação do Ministério Público Estadual e regularizar a oferta do serviço de transporte escolar gratuito para estudantes da rede estadual de ensino do município de Aragominas, no Norte do Estado. A recomendação foi expedida pela 9ª Promotoria de Justiça de Araguaína nesta sexta-feira, 18, e teve como objetivo garantir o acesso dos jovens às escolas estaduais de Aragominas, depois da informação repassada pela secretária municipal de educação de que a prefeitura não terá condições financeiras de arcar com o combustível para transporte desses alunos a partir da próxima semana. Segundo o Promotor de Justiça Sidney Fiori Júnior, autor da recomendação, o transporte escolar constitui serviço público ininterrupto, cabendo ao Estado garantir este direito, não podendo haver paralisação, seja qual for o motivo. “A oferta irregular do ensino fundamental, e isso inclui o transporte escolar, acarreta crime de responsabilidade do administrador. É uma questão de respeito à população e de prestação eficiente do serviço público”, comentou o Promotor de Justiça. A Recomendação foi encaminhada também à Secretaria Municipal de Educação, ao Conselho Municipal de Educação, ao Conselho Estadual de Educação e à Delegacia Regional de Ensino.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.