UFT recruta pacientes cardíacos para pesquisa nacional sobre nutrição

Por Redação AF
Comentários (0)

29/07/2014 09h35 - Atualizado há 1 mês
<span style="font-size:14px;">Pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins (UFT) est&atilde;o recrutando pacientes com idade superior a 45 anos com evidencia de aterosclerose manifesta nos &uacute;ltimos 10 anos, como doen&ccedil;a arterial coronariana (infarto, angina etc ), AVC (derrame) ou Doen&ccedil;a Arterial Perif&eacute;rica para estudo nacional sobre a rela&ccedil;&atilde;o entre a alimenta&ccedil;&atilde;o e as doen&ccedil;as do sistema circulat&oacute;rio.<br /> <br /> Fruto de uma parceria entre o Hospital do Cora&ccedil;&atilde;o de S&atilde;o Pedro (Hcor) e o Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, o projeto pretende comprovar os efeitos do Programa Alimentar Brasileiro Cardioprotetor (DicaBr) na preven&ccedil;&atilde;o de doen&ccedil;as cardiovasculares e redu&ccedil;&atilde;o de fatores de risco como colesterol, press&atilde;o arterial, glicemia e outros.<br /> <br /> O estudo &eacute; multic&ecirc;ntrico e a UFT &eacute; um dos centros de pesquisa na Regi&atilde;o Norte. Em Palmas, j&aacute; s&atilde;o 30 pacientes em acompanhamento e ainda h&aacute; vagas para outros 20. Os participantes s&atilde;o divididos por sorteio em dois grupos: o grupo interven&ccedil;&atilde;o&nbsp; e o grupo controle. O grupo de controle recebe todas as orienta&ccedil;&otilde;es de alimenta&ccedil;&atilde;o de acordo com as diretrizes atuais de sa&uacute;de e o grupo interven&ccedil;&atilde;o recebe a dieta cardioprotetora. Ao longo de um ano os pacientes passam por tr&ecirc;s exames de sangue, pagos pelo Hcor, e recebem lanche e ajuda de custo no valor de R$ 10 a cada ida necess&aacute;ria &agrave; UFT.<br /> <br /> &quot;Para o paciente a participa&ccedil;&atilde;o &eacute; interessante, pois o projeto tem como objetivo prevenir que ele venha a ter um novo evento de aterosclerose&quot;, explica a coordenadora da pesquisa na UFT e professora do Curso de Nutri&ccedil;&atilde;o, S&ocirc;nia Lopes. &quot;Pelo controle metodol&oacute;gico e pela abrang&ecirc;ncia dessa pesquisa, que est&aacute; acontecendo no Brasil todo, acreditamos que teremos resultados importantes sobre este tema&quot;, acrescenta ela.<br /> <br /> Os interessados em participar do projeto DicaBr devem entrar em contato pelo telefone (63) 3232-8533 ou 8412-7476 para agendar a primeira consulta e verificar se cumprem os requisitos necess&aacute;rios para ingressar na pesquisa.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.