Arnaldo Filho

Blog AF

redacao@afnoticias.com.br

Critério: 'escolha'

Governador Carlesse escolhe a dedo 11 novos coronéis da Polícia Militar do Tocantins

90% dos candidatos a coronéis já vivem na Capital, nas proximidades do centro de decisões políticas.

Por Arnaldo Filho 5.642
Comentários (0)

22/04/2019 11h53 - Atualizado há 1 mês
Governador junto com o Comandante-Geral da PM, Coronel Jaizon Veras

O Governo do Tocantins anunciou que irá promover mais de 1.700 militares da PM e do Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (22). Os principais critérios são merecimento e antiguidade, mas há outro que se destaca por ser meramente político, à escolha do governador. Com isso, quem tem pistolão ou padrinho político influente no Palácio Araguaia já larga na frente.

Esse 'critério' vale para os tenentes-coronéis que serão promovidos a coronéis – o posto máximo na hierarquia militar estadual.

O AF Notícias apurou que há 26 tenentes-coronéis aptos a serem promovidos na Polícia Militar. Porém, são apenas 11 vagas disponíveis.

Outro detalhe também chama atenção nessa equação: dos 26 concorrentes, apenas e tão somente 2 estão lotados no interior do Tocantins. Ou seja, mais de 90% dos candidatos a coronéis já vivem na Capital, nas proximidades do centro de decisões políticas.

Os únicos dois lotados no interior estão em Araguaína e Gurupi, Tenente Coronel Miranda (Comandante do 2º BPM) e Tenente-Coronel Barbosa, respectivamente. Será se eles serão lembrados neste momento?  

Essa desproporção e demérito ao interior do Estado já vem de muito tempo. Anos atrás o AF Notícias mostrou que mais da metade de todo o efetivo policial do Estado está concentrado só em Palmas. Ou seja, 1 cidade tem mais policiais que outras 138 juntas.

Entra governo, sai governo, mas a realidade não muda. É o Tocantins!     

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.