Dicas

Horta com pneus é opção para produção doméstica de alimentos; veja como fazer

Além de sustentável, o modelo proporciona manuseio das hortaliças em pé.

Por Redação 1.684
Comentários (0)

10/05/2019 14h18 - Atualizado há 2 semanas
Confira o passo a passo para montar uma horta com pneus usados

Produzir as próprias hortaliças é uma opção para consumir alimentos mais frescos e sem agrotóxicos, que pode ser realizada mesmo sem investimentos em estrutura ou área para o plantio no solo. Um dos modelos possíveis dentro desses critérios é utilizar pneus usados como vaso, o que além de ser uma reutilização sustentável, se empilhados proporcionam o manuseio em pé, evitando lesões na coluna e joelhos.
 
Esse conhecimento está sendo levado pelo Departamento Municipal de Educação Ambiental, por meio do Projeto Minha Escola Verde, para os pais dos alunos das unidades de ensino públicas municipais.
 
O objetivo é demonstrar como funciona a horta existente na escola e incentivar o cultivo de hortaliças em casa. Além dos pneus usados, o modelo usa água expelida pelo ar-condicionado para regar. A Escola Municipal Doutor Cesar Belmino Evangelista, no Setor Tereza Hilário Ribeiro, foi a primeira a receber a oficina, no último dia 30.
 
Como reproduzir o modelo?

O coordenador de Educação Ambiental da Prefeitura, Francisco Tibério Dias, explica que o primeiro passo é juntar três pneus de aro 14 ou 15, preenchendo com terra suficiente para deixar o conteúdo bem compacto. “Essa será a coluna da horta, então, temos que deixar bem firme para não tombar”.
 
O próximo passo é preparar um pneu comum de aro 16, 17 ou 18 como bacia para o plantio. “Com uma faca ou furadeira tem que fazer furos no lado que ficará para baixo, isso para que a água escorra e não acumule, causando o apodrecimento da raiz da hortaliça”, alerta Tibério. O lado que ficará para cima também precisa ser adaptado com uma faca, retirando a parede lateral.
 
Para garantir a passagem de água é necessário colocar uma camada de brita ou cacos de telha. “Não pode ser cacos de tijolo porque dissolvem e entopem os furos”, lembra o coordenador. O sistema de drenagem precisa ainda de uma manta que seja fina o suficiente para passagem da água e segure a terra preparada, como um saco de estopa, mosquiteiro ou sombreamento.
 
Preparo da terra, plantio e irrigação

Com a estrutura já montada, o técnico lembra que a preparação da terra para plantio também é importante. “Não pode ser só terra porque endurece fácil. Então, coloque 40% de terra e 40% de areia”. Os demais 20% devem ser adubo, como esterco. “O esterco misturado na terra precisa ser lavado antes de misturar e renovado a cada replantio”.
 
Ele ainda explica que é preciso prestar atenção na caraterística de plantio de cada hortaliça. “Cada variedade tem uma profundidade ideal que, geralmente, está indicada no pacote das sementes”. Também diz que o certo é regar duas vezes ao dia, de manhã e de tardezinha. “A horta precisa de sol, mas não em local em que tenha sol o dia todo”.
 
Uma opção sustentável para irrigar a horta é utilizar a água expelida pelo ar-condicionado, colocando o cano de drenagem para desaguar em latão. Um aparelho de 12 mil BTUs produz, em média, um litro de água por hora.

(Marcelo Martin)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.