Luto

Filho de promotora de justiça do Tocantins que estudava Direito em Goiás morre em acidente

O jovem cursava Direito na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO)

Por Nielcem Fernandes 11.333
Comentários (0)

13/08/2019 12h24 - Atualizado há 2 dias
João Henrique e sua mãe, a promotora de Justiça Waldelice Sampaio Moreira

O estudante tocantinense de Direito João Henrique Moreira Guimarães, de 22 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (12) em decorrência de um acidente de trânsito em Goiânia (GO), onde estudava.

O jovem era filho da promotora de Justiça do Tocantins, Waldelice Sampaio Moreira Guimarães, de Gurupi, e do servidor público João Júnior Alves Guimarães.

Um primo da vítima disse que o estudante estava de motocicleta no momento do acidente, mas não soube informar mais detalhes.

Ainda segundo o familiar, o estudante teria sido socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O jovem cursava Direito na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO).

O Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO) lamentou o falecimento do estudante.

NOTA DE PESAR

"O Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO), consternado com o falecimento do jovem João Henrique Moreira Guimarães, filho da promotora de Justiça Waldelice Sampaio Moreira Guimarães, de Gurupi, externa suas sinceras condolências e sentimento de pesar e solidariedade a seus familiares e amigos.

O jovem de 22 anos era estudante do curso de Direito na PUC/GO e faleceu na tarde desta segunda-feira, 12 de agosto, em acidente de trânsito na capital goiana.

A data e local do velório e sepultamento ainda não foram divulgados".

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.