Sede em Araguaína

Na CCJ, Irajá dá parecer favorável à Universidade Federal do Norte do Tocantins

A UFNT beneficiará aproximadamente um 1,7 milhão de habitantes, abrangendo 66 municípios.

Por Redação 1.013
Comentários (0)

30/10/2018 16h02 - Atualizado há 6 meses
Irajá deu parecer favorável ao projeto

O deputado federal e senador eleito Irajá Abreu (PSD) deu parecer favorável ao projeto de lei 5.274/2016 que trata da criação da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT). O parlamentar tinha sido nomeado relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania no final do mês de julho.

Antes de se licenciar da Câmara dos Deputados para fazer um curso de gestão pública, Irajá disse que fez questão de dar andamento ao processo, emitindo o parecer favorável em seu relatório. Segundo ele, o projeto é constitucional e atende à boa técnica legislativa.

O deputado federal Fabio Trad (PSD/MS) assumirá a relatoria da CCJ e irá encampar o relatório de Irajá, para garantir maior agilidade à tramitação do projeto. 

A criação da Universidade Federal do Norte acontecerá por desmembramento de parte Universidade Federal do Tocantins (UFT), e atenderá à necessidade de expansão do ensino superior da microrregião do Bico do Papagaio e seu entorno.

A consolidação e criação da Universidade Federal do Norte beneficiará aproximadamente um 1,7 milhão de habitantes, abrangendo 66 municípios pertencentes aos Estados do Tocantins, Maranhão e Pará.

Segundo Irajá, a criação da UFNT é essencial para o desenvolvimento da região norte do Estado. "Os benefícios de sua criação e efetivação proporcionarão melhorias significativas e imediatas, que vão desde a fixação das pessoas na região até a geração de conhecimento científico e tecnológico que serão essenciais para formação da população que lá reside", disse.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.