Sobral – 300×100
Seet

Professores protestam na capital do Tocantins: ‘Prefeito caloteiro, cadê nosso dinheiro?’

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Protesto na capital do Tocantins

Vários professores da rede municipal de ensino da Capital do Tocantins foram às ruas com faixas para protestar contra a gestão do prefeito Carlos Amastha (PSB), que é pré-candidato a governador do Estado, na tarde desta quinta-feira (30).

O ato ocorreu no semáforo em frente à Câmara Municipal de Palmas, na avenida Teotônio Segurado, uma das mais movimentadas.

Os profissionais reivindicaram a devolução dos valores descontados em razão da recente greve, já que haverá reposição das aulas, e também parte do 13º salário também descontado. A categoria pediu ainda que a reposição ocorra sem nenhum prejuízo à carreira.

Outro ponto cobrado é a eleição para diretor de escola, colocando um fim às interferências políticas, e o cumprimento do Plano de Carreira, além do pagamento em dia da data-base.

As faixas traziam frases como: “Prefeito caloteiro, cadê nosso dinheiro?”, “Prefeito ostentação não paga reposição” e “Prefeito mentiroso, deixa de enganação”.

Os trabalhadores paralisaram o trânsito por alguns minutos e utilizaram o semáforo fechado para chamar a atenção dos motoristas, e logo após liberavam o trânsito. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintet), o ato foi realizado de forma ordeira e pacífica e recebeu apoio de motoristas que passavam pela avenida.

A Prefeitura de Palmas não se manifestou sobre o protesto da categoria.

Foto: Divulgação
Professores protestam na capital do Tocantins

Comentários pelo Facebook: