Julgamento

Acusado de matar mototaxista em Araguaína é absolvido pelo júri popular por falta de provas

Por Redação AF
Comentários (0)

20/06/2017 18h59 - Atualizado há 1 mês
Márcia Costa //AF Notícias Carlos Lopes da Silva, de 32 anos, foi absolvido da acusação de matar o mototaxista Juliano Costa de Sousa, crime ocorrido em abril de 2013, em Araguaína. Ele foi julgado pelo Tribunal do Júri no auditório da OAB, na última segunda-feira (19). O julgamento demorou mais de 10 horas. O réu tinha sido preso em abril do ano passado após um amigo da vítima tê-lo reconhecido em uma agência bancária. Ele estava foragido da Justiça há três anos. Para os jurados, faltaram provas que comprovassem a autoria do crime. Após o veredito final, o réu saiu em liberdade. O Ministério Público Estadual afirmou que vai analisar se recorre ou não da decisão. Carlos era acusado de assassinar a tiros o mototaxista durante uma discussão em um bar, em abril de 2013, no setor Tereza Hilário Ribeiro. Conforme a acusação do Ministério Público Estadual, as namoradas da vítima e do acusado estavam discutindo e o mototaxista teria tentado separar, quando foi atingido por dois disparos.

Comentários (0)

Mais Notícias

Palmas

Visitas a presos são suspensas após morte de detento em cadeia de Palmas

A medida é preventiva e já foi informada à justiça, à Defensoria Pública e ao Ministério Público Estadual.

Crime de estelionato

Jovem é preso por aplicar golpes através de grupos de WhatsApp no Tocantins

Ele oferecia aparelhos celulares e eletroeletrônicos a preços bem abaixo dos normalmente praticados no mercado.

Ação da polícia

Casal é preso ao ser flagrado com drogas na própria residência em Araguaína

Os policiais chegaram na casa no momento em que a mulher prepara droga em uma embalagem plástica.

Paraíso

Mulher tenta entrar em cadeia com pacote de maconha nas partes íntimas

Ela iria fazer uma visita e será recolhida em uma unidade prisional feminina do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.