Saúde

Hospital Municipal de Araguaína inicia processo para ser qualificado com padrão internacional

Uma equipe já avaliou alguns serviços do hospital e fez uma apresentação da metodologia para os profissionais.

Por Redação 893
Comentários (0)

17/09/2019 09h37 - Atualizado há 3 semanas
Hospital Municipal de Araguaína

O Hospital Municipal de Araguaína recebeu, nos dias 12 e 13 de setembro, a visita diagnóstica da Instituição Acreditadora IQG Health Services Accreditation, que trabalha com a metodologia “QMentum International™, programa que utiliza critérios internacionais de validação mundial para qualificar unidades hospitalares.

“Esse processo de Acreditação é um divisor de águas no Tocantins, já que nós não temos nenhuma instituição acreditada do Estado. Esse procedimento mostra muito além do nosso trabalho prestado, mas o compromisso com a segurança do paciente, qualidade assistencial e melhoria contínua. Essa acreditação vai elevar o HMA a um patamar que se equaliza com hospitais em nível nacional”, destaca Vinicius Menezes, gestor de assistência e qualidade do Instituto Saúde e Cidadania, que gere o HMA e mais duas unidades de saúde em Araguaína.

Programa de Acreditação

A metodologia de excelência QMentum International™ orienta e monitora padrões de alta performance em qualidade e segurança na área de saúde. No Brasil, a Accreditation Canada opera em Joint Venture com o IQG para implantação e manutenção desta metodologia internacional.

“O Qmentum International se diferencia pelo uso de ferramentas específicas de trabalho, que permitem a avaliação e reestruturação também dos processos transversais à assistência. Toda a metodologia está alinhada com os princípios da Governança Clínica, utilizada em mais de 50 países pelo mundo. Desta vez, nós viemos começar esse processo dentro do Hospital Municipal de Araguaína e, em um primeiro momento, ficamos muito felizes em conhecer o serviço e toda equipe”, disse Lucianna Novaes, avaliadora líder e especialista do projeto.

Primeiras avaliações

Dentro da primeira visita foram feitas as apresentações da metodologia internacional e avaliações da assistência pediátrica, serviço de emergência, serviços perioperatórios, serviços de apoio diagnóstico, cuidados intensivos, assistência farmacêutica e uma reunião da equipe completa para discussão de todo o procedimento.

Esse projeto é muito valioso para todos nós, profissionais, que estamos dentro da unidade e também para a população, que vai ter a confiança de ter uma unidade avaliada em nível internacional. Nós começamos hoje um processo que pode durar cerca de dois anos, ou bem mais, ou até menos, o que vai depender muito da nossa estrutura e de toda a avaliação. O resultado vai ser mostrar que os nossos processos estão dentro de uma rede internacional de segurança do paciente. Isso é gratificante”, pontua Maria Dulcimary Fonseca, diretora geral do ISAC.

Próximos passos

Ainda devem ser definidas a coordenação interna para o processo de acreditação, um corpo diretor junto ao especialista do projeto, solução dos problemas prioritários e formação dos times, estrutura de pesquisa de clima e segurança, acompanhamento e follow-up de projeto a cada três meses, além do esclarecimento de dúvidas via e-mail.

Ristori Geralda é analista de qualidade do ISAC e destaca que o hospital já vinha realizando vários procedimentos que são pedidos nacionalmente.

“Nós já tínhamos uma grande preocupação com o paciente, por isso já havíamos adotado vários protocolos dentro desse cuidado. Temos como exemplo o projeto no Núcleo de Segurança do Paciente, onde desenvolvemos o processo de notificação. Assim como a realização de inúmeros treinamentos com todas as equipes de todos os departamentos, sempre buscando mais segurança na assistência ao paciente”, disse.

O IQG já capacitou mais de 80 mil profissionais de saúde em Gestão da Qualidade e Segurança do paciente em todo o Brasil.

Visita ao hospital

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.