Araguaína

Suspeito de esfaquear jovem ganhou alvará de soltura um dia antes da vítima morrer

Ministério Público entendeu que não havia necessidade da prisão preventiva.

Por Márcia Costa 3.069
Comentários (0)

14/09/2021 16h53 - Atualizado há 1 semana
Thyarllem da Silva Paz foi preso após o assassinato

O principal suspeito de esfaquear Jarion Alves da Conceição, 28 anos, foi solto durante a audiência de custódia um dia antes de a vítima ir a óbito no Hospital Regional de Araguaína (HRA).

Thyarllen da Silva Paz, 27 anos, tinha sido preso em flagrante pela Polícia Militar. O crime aconteceu na noite de 8 de setembro, na Avenida São Francisco, no setor Araguaína Sul. 

Contudo, o suspeito recebeu alvará de soltura durante audiência na 1ª Vara Criminal, realizada por meio de videoconferência em 10 de setembro. No dia seguinte, Jarion não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O promotor que representava o Ministério Público do Tocantins entendeu que não havia necessidade de prisão preventiva e requereu apenas a aplicação de outras  medidas cautelares ao suspeito.

Thyarllen já responde a um processo por homicídio supostamente praticado em 2019.

Jarion Alves da Conceição estava no meio da rua quando foi atacado com golpes de faca na região do abdômen e ficou com vísceras expostas. Ele foi internado em estado grave e morreu no dia 11 de setembro.

VEJA MAIS

Vítima sendo socorrida por profissionais do SAMU
Jarion Alves da Conceição, tinha 28 anos

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.