Em Araguaína

Casa popular abandonada é alvo de vandalismo e vira local de consumo de drogas

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

02/04/2018 19h28 - Atualizado há 1 mês
Márcia Costa//AF Notícias  Várias casas populares entregues pelo programa Minha Casa Minha Vida estão abandonadas e sendo alvos de vandalismo no residencial Lago Azul I, em Araguaína. A denúncia foi feita por moradores ao AF Notícias. Uma das residências fica localizada na Rua Surubim. As portas foram arrombadas e as paredes pichadas, além de muita sujeira no interior do imóvel. O forro também está danificado e o vaso sanitário foi furtado. Segundo os moradores, a família beneficiada abandonou a residência há cerca de 8 meses e teria deixado alguns móveis, que foram furtados. Conforme vizinhos, o imóvel está sendo frequentado atualmente por usuários de drogas. "Essa casa poderia beneficiar uma família que precisa, mas está abandonada e servindo de esconderijo para usuários de drogas. Tenho filhos pequenos e fico com medo dessa situação", relatou uma vizinha, que preferiu não se identificar. Outro lado Em nota, a prefeitura de Araguaína informou que a Secretaria Municipal da Habitação já tem um relatório sobre situações de casas abandonadas no Residencial Lago Azul I. Acrescentou também que os moradores podem denunciar casos, como o da Rua Surubim, diretamente na secretaria ou por meio do 0800 disponibilizado pela Caixa Econômica Federal. “Os contratos são entre o beneficiário e a Caixa, portanto, a rescisão ou qualquer outra providência sobre estes casos são de responsabilidade da instituição financeira. A Secretaria apenas repassa à Caixa as denúncias recebidas e já está fechando um cronograma de fiscalização nos residenciais, em parceria com a Polícia Militar”, afirma a nota.
ASSUNTOS araguaína casa

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.