Aluno do CPM

Estudante da rede pública de Araguaína passa em Direito na USP e sonha ser juiz

O jovem tinha uma rotina intensa e bem organizada de estudos para entrar na universidade dos seus sonhos.

Por Raimunda Costa 3.413
Comentários (0)

04/02/2019 09h06 - Atualizado há 5 meses
Jovem Leonardo Vittor Veloso

Com uma rotina de estudos organizada, além de muito esforço e dedicação, o jovem Leonardo Vittor Veloso Nóbrega passou em 10º lugar para o concorrido curso de Direito da Universidade de São Paulo (USP), uma das melhores instituições do Brasil.

Leonardo tem apenas 17 anos de idade e concluiu o ensino médio no Colégio da Polícia Militar de Araguaína, norte do Tocantins.

O jovem contou que o sonho de cursar Direito vem desde criança. “Tinha como meta alcançar uma vaga para Direito durante todos os meus anos de estudos. No meu último ano nos bancos da escola, pesquisei a nota de corte de Direito na USP, que é a universidade dos meus sonhos e, a partir disso, comecei a estudar muito para alcançar o meu objetivo”, contou.

Questionado sobre a concorrência, Leonardo disse que não se ateve a esse detalhe. “Só sei que eram 47 vagas e eu ocupei a 10ª colocação. É uma sensação de vitória e realização. Provei para mim mesmo que tenho capacidade e que posso ir além”, ressaltou.

Sobre o motivo que o levou a escolher Direito, Leonardo disse que sempre admirou o curso que estuda as leis e o direito de maneira geral. “Sempre fui encantado pela profissão de juiz, daí sempre tive isso na minha cabeça, cursar Direito para um dia me tornar um grande juiz. Sinto que estou no caminho certo e um grande passo já foi dado”, enfatizou.

Para ele, o cargo de juiz representa muita responsabilidade. “O futuro de uma pessoa depender de você é uma responsabilidade muito grande. Por isso, tracei esse objetivo e quero seguir firme”, disse.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.