A pedido de Gideon Soares, Câmara aprova moção de pesar pela morte de Júnior Coimbra

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Vereador Gideon Soares

Alberto Rocha//AF Notícias 

O vereador Gideon Soares  (PRTB) apresentou uma moção de pesar aos familiares do ex-deputado Raimundo Júnior Coimbra, que morreu em um acidente no mês passado, no sul do Estado. O pedido foi apresentado em clima de emoção na Câmara Municipal, aprovado por unanimidade e subscrito por todos os vereadores de Araguaína.

Gideon Soares justificou a moção de pesar destacando a importância de Júnior Coimbra para o Tocantins, tanto como político, amigo e pai de família exemplar. “Júnior Coimbra, como era carinhosamente conhecido, era uma pessoa simples, trabalhador, muito conhecido e estimado no Tocantins. Por isso, venho externar meu profundo sentimento de pesar diante do falecimento do grande homem, político, amigo e pai de família”, afirmou.

Júnior Coimbra nasceu em Filadélfia (TO) e começou a trabalhar muito cedo, quando acompanhava os passos do pai dele, Raimundo Coimbra, político influente  na região centro-oeste do Estado.

Júnior foi prefeito de Itaporã, vereador de Palmas, deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa e deputado federal. Formado em jornalismo, Coimbra foi também membro da Comissão Parlamentar de Inquérito do Trabalho Escravo e da comissão especial que analisou o projeto do Plano Nacional de Educação.

Só posso dizer, portanto, que tratava-se de um homem muito dedicado e que muito contribuiu para o desenvolvimento do nosso estado. Diante do seu passamento, que  nos deixou muito abalados, queremos, neste momento tão difícil, externar aos seus familiares nosso sentimento de pesar, diante da perda tão significativa”, declarou Gideon Soares.

Comentários pelo Facebook: