Sobral – 300×100
Seet

Araguaína perde verba de R$ 45 milhões por 13 votos a 11; veja como votou cada deputado

Redação - |
Foto: Arnaldo Filho
Deputados aprovaram retirada de R$ 45 milhões de Araguaína

Os deputados estaduais aprovaram na tarde desta quarta-feira (13) a emenda que retira R$ 45 milhões dos R$ 86,5 milhões prometidos à Araguaína. A verba total seria destinada à duplicação da TO-222, trecho que liga Araguaína ao Distrito Novo Horizonte. Agora, a obra terá que ser feita com os R$ 41 milhões restantes.

Dos 24 parlamentares, 13 votos foram favoráveis ao corte da verba e 11 contrários.

Também nesta sessão, que aconteceu na tarde de hoje, os deputados aprovaram a solicitação de empréstimo de R$ 453 milhões feita pelo governo do Estado, além dos R$ 130 milhões para a construção da ponte de Porto Nacional.

O deputado Osires Damaso (PSC), contrário à verba integral da duplicação, pediu que os araguainenses se contentassem e aceitassem os R$ 41 milhões que serão destinados à obra. “Prefeito Ronaldo Dimas, vereadores e população de Araguaína, tenham sensibilidade e aceitem os 41 milhões”, disse.

Durante seu discurso, Damaso foi vaiado e chamado de “pipoqueiro e mentiroso”. Como resposta, o parlamentar jogou beijo aos manifestantes. Damaso ainda insinuou que Araguaína já estava sendo muito privilegiada e, por isso, deveria aceitar o corte de R$ 45 milhões.

Outro contrário a Araguaína, o deputado José Bonifácio (PR) afirmou que o Estado deveria investir apenas em “obras indispensáveis” nesse momento de crise financeira. Para o parlamentar, a duplicação da TO-222 não se inclui nesse rol.

Já o deputado Vilmar de Oliveira (SD) pediu perdão à população antes de votar contrário ao projeto original. “O povo de Araguaína que me perdoe”, disse. Ontem, em discussão acalorada com o vereador Ferreirinha (PMDB), o deputado esbravejou: “junte todo mundo lá e vote contra eu” (sic).

Para o deputado Elenil da Penha (PMDB), defensor árduo dos R$ 86 milhões, disse que o argumento dos treze parlamentares seria uma forma de tentar minimizar o mal que fizeram a Araguaína. “Não estamos pedindo esmola. Estamos requerendo o que é justo para Araguaína“, defendeu Elenil.

VOTARAM CONTRA ARAGUAÍNA 

Alan Barbiero (PSB)

Cleiton Cardoso (PSL)

Eduardo do Dertins (PPS)

Eli Borges (PROS)

José Bonifácio (PR)

José Augusto (PMDB)

Junior Evangelista (PSC)

Mauro Carlesse (PHS)

Osires Damaso (PSC)

Toinho Andrade (PSD)

Vilmar de Oliveira (SD)

Wanderlei Barbosa (SD)

Zé Roberto (PT)

 

VOTARAM A FAVOR DOS R$ 86 MILHÕES DE ARAGUAÍNA

Amália Santana (PT)

Amélio Cayres (SD)

Eduardo Siqueira Campos (DEM)

Elenil da Penha (PMDB)

Jorge Frederico (PSC)

Luana Ribeiro (PR)

Nilton Franco (PMDB)

Olyntho Neto (PSDB)

Paulo Mourão (PT)

Valdemar Júnior (PMDB)

Valderez Castelo  Branco (PP).

Comentários pelo Facebook: