Boato: Vereador Gilmar da Auto Escola não foi preso pela PF por compra de votos

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Vereador desmente boato

Está circulando nas redes sociais informações relacionadas à suposta prisão do vereador de Araguaína Gilmar da Auto Escola (PSC), neste domingo (3) de eleição suplementar, mas tudo não passa de boato.

O áudio com o boato acompanha uma foto de uma viatura da PF, que estaria no setor Noroeste, onde o vereador mora, e diz que o parlamentar teria sido preso na casa de sua mãe por compra de votos em favor do candidato Mauro Carlesse (PHS).

O AF Notícias conversou com o vereador, que desmentiu o boato. “Saiu esse comentário, mas entendo que é desespero dos adversários. Eles não têm o que fazer e inventam esses boatos. Estou tranquilo, firme e forte”, disse Gilmar.

Foto: Divulgação
Boato sobre prisão de vereador em Araguaína

Comentários pelo Facebook: