Seet
Sobral – 300×100

Câmara aprova criação de comissão para acompanhar obras inacabadas da gestão Ronaldo Dimas

Redação AF - | - 731 views
Foto: Marcos Filho
Prefeito Ronaldo Dimas vistoriando a obra da Via Lago

A Câmara Municipal de Araguaína retomou os trabalhos legislativos nessa segunda-feira (6) com as sessões ordinárias de 2017. Estavam na pauta diversos requerimentos e projetos de lei  de autoria dos vereadores e do Executivo Municipal.

O vereador Marcus Marcelo (PR), reeleito para o 3º mandato seguido de presidente, abriu a sessão desejando um bom trabalho a todos e convidando o cidadão Regieldo Vieira Pimentel, inscrito na tribuna livre, para falar sobre a regularização fundiária do Setor Imaculada Conceição.

Geraldo Silva (PMDB) apresentou requerimento solicitando a criação de uma Comissão composta por vereadores para fazer levantamento e acompanhamento de todas as obras públicas inacabadas do município. De acordo com o vereador Geraldo, o município tem muitas obras em andamento que precisam de um acompanhamento mais de perto da Câmara Municipal. O pedido foi aprovado.

O vereador recém-empossado, Edimar Leandro (PRP) pediu ao Chefe do Executivo a criação da Corregedoria da Guarda Municipal de Araguaína (CGMA), bem como a Ouvidoria, órgão integrante da segurança pública municipal, vinculada ao Chefe do Poder Executivo Municipal.

Na briga pela redução da taxa de esgoto, Terciliano Gomes (SD) pediu ao presidente da Câmara que solicite da empresa Odebrecht Ambiental a composição detalhada da planilha de custo operacional dos serviços para determinar o valor a ser cobrado tanto da tarifa de água tratada, como da coleta de esgoto.

Os demais vereadores solicitaram ainda ao chefe do Poder Executivo, através de requerimentos, melhorias para a cidade como recuperação e pavimentação de ruas e avenidas, instalação de lâmpadas, reforma de praça, implantação de academias ao ar livre, entre outros. Durante a sessão, o vereador Aldair da Costa Sousa (Gipão) (PR) informou que permanece na liderança do prefeito Ronaldo Dimas.

Comentários pelo Facebook: