Sobral – 300×100
Seet

Dois policiais militares morrem neste final de semana vítimas de acidentes de trânsito em rodovias estaduais

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Os dois policias morreram neste final de semana

Dois policiais militares e outras duas pessoas morreram somente neste final de semana vítimas de acidentes de trânsito em rodovias estaduais no Tocantins.

No sábado (02/07), o 3º sargento Valderez Ribeiro de Carvalho, de 34 anos de idade, pilotava uma moto quando teve uma colisão frontal com outra motocicleta, por volta das 19h30, na Rodovia TO-010. Os dois condutores morreram. O sargento deixou a esposa e um filho.

Já na tarde do último domingo (03/07), o cabo Solonaldo Rocha, de 38 anos, da equipe do Giro de Palmas também morreu em uma colisão frontal, na TO 030.

O cabo Solonaldo saia de uma partida de futebol numa motocicleta com um amigo na garupa. Eles seguiam na ponte de Taquaralto com sentido a Taquaruçu. A moto em que estavam colidiu com um automóvel Golf e os dois morreram no local. Com o impacto da batida, o policial e o garupa tiveram membros do corpo arrancados, ficando espalhados pelo local do acidente.

O motorista do veículo foi levado ao Hospital Geral de Palmas com traumatismo craniano. De acordo com informações, o veículo era ocupado por jovens que estariam consumindo bebida alcóolica. No carro foram encontradas várias latas de cerveja.

O Comandante Geral da Polícia Militar, Glauber de Oliveira Santos, lamentou a morte do sargento Valderez. “Neste momento de dor e consternação pedimos a Deus que dê conforto à sua família, amigos e companheiros de farda, para que possam enfrentar esta imensurável dor com serenidade. Os mais sinceros pêsames de toda família miliciana”, disse por meio de nota.

O Comande também lamentou a morte o cabo Solonaldo Rocha e afirmou que ele já trabalhou em Araguaína. “Solonaldo Rocha era natural de Esperantina (TO), e ingressou nas fileiras da corporação no ano de 2004. Trabalhou incialmente no 2º Batalhão da PM em Araguaína, posteriormente no 7º Batalhão da PM, e atualmente estava lotado na Companhia Independente de Operações Especiais, onde integrava o Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva – GIRO, em Palmas”, afirmou. (Com informações AN).

Comentários pelo Facebook: