Governo do Tocantins nega pagamento do 13º salário apenas no mês do aniversário

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Palácio Araguaia, sede do governo em Palmas

O Governo do Estado disse que não houve nenhuma alteração na previsão de pagamento do 13º salário aos 18.546 servidores públicos que ainda não receberam. Conforme já anunciado, o benefício deve ser creditado na conta até o dia 31 de janeiro de 2018, mas a gestão trabalha para antecipar.

Nesta terça-feira (26) surgiu uma informação nas redes sociais de que o benefício seria pago apenas na data do aniversário do servidor, mas o governo desmentiu e disse que a previsão continua a mesma já anunciada.

Ao todo, 36.192 servidores públicos do Poder Executivo (66,12% do total) já receberam o 13º salário na última quinta-feira (21), no montante de R$ 56,4 milhões.

A folha de pagamento dos demais servidores – 18.546, custará R$ 100,6 milhões.

O Poder Executivo possui atualmente 54.738 servidores. O valor total líquido da folha do benefício natalino custa R$ 157.116.618,58.

Conforme o secretário de Administração, Geferson Barros, é possível que o Governo consiga quitar o 13º salário de mais servidores até o final de dezembro deste ano, com a entrada de novos recursos como, por exemplo, a negociação da folha de pagamento do Estado com os bancos.

No Tocantins, os servidores do Executivo estadual podem solicitar 50% do recebimento do seu 13º salário no mês do seu aniversário. Para tanto, é necessário preencher o formulário de Requerimentos Diversos (RD), disponível no site da Secretaria de Estado da Administração (Secad) www.secad.to.gov.br.

FOLHA DE DEZEMBRO

Em relação ao salário da folha de dezembro, paga em janeiro, Geferson Barros afirmou que a previsão do Governo é quitar até o dia 10. “O pagamento da folha é hoje a nossa maior prioridade. Por isso, que o restante do 13º salário deve sair até o dia 31 de janeiro. O que podemos garantir é que não vamos deixar de pagar ninguém, todo mundo vai receber”, afirmou.

Comentários pelo Facebook: