Sobral – 300×100
Seet

Morte de bebê por falta de energia em hospital do Tocantins tem repercussão nacional

Redação - | - 732 views
Foto: Arquivo Pessoal
Queda de energia no hospital provocou o óbito do bebê

Teve repercussão nacional o caso de um bebê tocantinense que estava internado no Hospital Infantil, em Palmas, e morreu devido a uma queda de energia.

João Marques de Sá tinha apenas 10 meses e estava internado por causa de uma pneumonia. Ele respirava com ajuda de aparelhos e, devido a uma queda de energia na unidade de saúde, foi à óbito.

Inconsolados, em uma matéria veiculada no Bom dia Brasil, os pais relatam o que viveram dentro da unidade de saúde. Segundo eles, a chuva forte derrubou a energia do hospital e o gerador – que garantiria o funcionamento dos aparelhos nesses casos – também não funcionou.

A equipe do hospital, por sua vez, tentou improvisar usando ‘gambiarras’ e extensões de uma sala para outra. Conforme a mãe do bebê, o Hospital informou que o entubaria de novo para levá-lo para a UTI do Hospital Geral de Palmas (HGP).

Um documento da Secretaria Estadual de Saúde confirma que o respirador que João Marques usava parou de funcionar devido à queda de energia elétrica.

Porém, em nota, a Secretaria disse que o gerador estava funcionando e que uma Sindicância foi instaurada.

Acompanhantes de outros pacientes, no entanto, negam esta afirmação da Secretaria. Eles garantem que durante a chuva a energia oscilou o tempo inteiro.  “Ele (o gerador) não estava 100%”, diz uma mãe.

ENTERRO

João Marques de Sá, de 10 meses, foi enterrado na noite de ontem (05), em Araguacema. Segundo informações de uma amiga da família fornecidas ao G1, os pais estão muito mal e revoltados, lamentando muito o ocorrido que poderia ter sido evitado.

(Com informações do Bom dia Brasil e do G1)

Comentários pelo Facebook: